Cidadeverde.com
Política

Marcelo Castro diz serem desnecessárias declarações sobre expulsão de membros do MDB

Imprimir

Foto: Arquivo Cidadeverde.com

O presidente estadual do MDB, senador Marcelo Castro, afirma ser "desnecessárias" declarações de membros do MDB sobre a expulsão de filiados que não apoiarem a candidatura de Dr. Pessoa a prefeito da capital. Para Marcelo, o partido vai chegar a um consenso sobre candidato apenas em 2020.

Os deputados Themistocles Filho e Marcelo Castro já afirmaram que quem não apoiar Dr. Pessoa deixará a sigla. Atualmente, o deputado Henrique Pires e o vereador Luiz Lobão mantêm as pré-candidaturas. 

"Todos nós vamos acompanhar o candidato do partido. O candidato do partido vai ser escolhido em julho do ano que vem, mais precisamente entre 20 de julho e 05 de agosto. Se as condições continuarem como estão, o candidato será Dr. Pessoa. E todos vamos abraçar a candidatura dele", disse.

Marcelo Castro afirma que as posições de Henrique Pires e Lobão devem ser respeitadas. 

"Não há menor necessidade dessas declarações. O que ocorre é que dois colegas - Henrique Pires e Luiz Lobão -  declararam que querem ser candidatos. Temos que respeitar. A convenção vai respeitar. Se o quadro se mantiver, Dr. Pessoa é nosso candidato com ampla chance de vitória", afirmou. 

A postura do senador distoa do deputado Themistocles. Para o presidente da Assembleia, a escolha de Dr. Pessoa já está definida.

 

Lìdia Brito
lidiabrito@cidadeverde.com

Imprimir