Cidadeverde.com
Esporte

Sem marcar há um turno, Alexandre Pato amarga reserva no São Paulo

Imprimir

Alexandre Pato permaneceu no banco de reservas do São Paulo pela terceira vez nessa nova passagem pelo clube, sendo duas nos últimos dois compromissos da equipe. No clássico contra o Santos, por exemplo, o técnico Fernando Diniz fez apenas duas substituições e não utilizou o atacante.

Foto - Rubens Chiri - saopaulofc.net

Após a partida, realizada no último sábado, o treinador explicou a escolha. Diniz voltou a fazer elogios e chamou Pato de "genial". No entanto, admitiu que as atuações recentes do atacante foram abaixo do esperado.

"O Pato é um jogador genial. Pela condição técnica dele, ele já podia estar indo para a terceira Copa do Mundo. Característica técnica não é. Ele jogou outras partidas e não conseguiu botar para fora esse talento. Fizemos outras opções que acredito que sejam o melhor para o São Paulo no momento", disse Diniz.

Pato não marca há um turno do Campeonato Brasileiro. Os últimos gols do atacante foram na vitória por 3 a 2 sobre o Santos, em 10 de agosto, quando balançou a rede duas vezes.

Desde que retornou ao São Paulo no primeiro semestre, Pato participou de 22 jogos, sendo 19 como titular e três saindo do banco de reservas. O atacante marcou cinco gols.

Por Guilherme Amaro
Estadão Conteúdo

Imprimir