Cidadeverde.com
Geral

PM suspeito de atirar na ex tem arma apreendida e está afastado das atividades ostensivas

Imprimir

Foto: Yasmim Cunha

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Lindomar Castilho, confirma ao Cidadeverde.com que o cabo Zilmar Miranda da Silva, lotado no 1º Batalhão da Polícia Militar, está afastado das atividades ostensivas da PM e que a arma funcional do cabo foi apreendida. 

Lindomar Castilho ressalta que o cabo se apresentou espotaneamente ao Quartel do Comando Geral (QCG) e a Corregedoria da Polícia Militar, na última quarta-feira (1º). Ele estava acompanhado de um advogado.

Zilmar Miranda é o principal suspeito de atirar contra a ex-namorada Jocilene da Silva Santos, no dia 30 de dezembro de 2019, dentro da casa da vítima, localizada no Bairro Três Andares, zona Sul de Teresina.  Jocilece foi socorrida, levada ao hospital e, agora, segue tratamento aos cuidados da família. 

"(Ele) se apresentou na quarta-feira, e está afastado das atividades da PM, respondendo pelo crime na Delegacia de Feminicídio e processo administrativo na Corregedoria", disse o coronel. 

O comandante acrescenta que não chegou nenhum pedido de mandado de prisão contra o cabo.

O Cidadeverde.com apurou que o cabo poderá exercer atividades administrativas no 1º BPM até a conclusão dos processos da Corregedoria e/ou da Delegacia de Feminicídios.

 

Matérias Relacionadas

 

Cabo da PM é suspeito de atirar na ex-namorada no Três Andares

Policial suspeito de atirar na ex -namorada ainda não se apresentou

"Não foi acidente. Ele apontou a arma pra minha cabeça", diz ex-namorada de PM baleada

 

Carlienne Carpaso
[email protected] 

Imprimir