Cidadeverde.com
Geral

PM suspeito de atirar em ex-namorada se apresenta e alega que tiro foi acidental

Imprimir

Foto: Graciane Sousa/Cidadeverde.com

PM [ de camisa branca e boné] foi embora em um carro particular

O cabo da Polícia Militar do Piauí identificado como Zilmar Miranda da Silva se apresentou com advogados na sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), nesta terça-feira (07). 

Ele é apontado como autor dos tiros que feriram a ex-namorada dentro da própria residência no bairro Três Andares, zona Sul de Teresina. O caso ocorreu na noite do dia 30 de dezembro.

O Cidadeverde.com apurou que, em depoimento, ele disse que o tiro foi acidental. Em sua versão, ele puxou a arma para guardá-la, mas a vítima foi em sua direção e houve o disparo. Questionado sobre o socorro a vítima, ele alega que saiu do local temendo a reação de vizinhos. 

Após depoimento, o PM foi liberado e não quis conversar com a imprensa. A mulher baleada-que foi ouvida ontem (06)-  declarou que o tiro não foi acidental. 

O caso está sendo investigado pelo Núcleo de Feminicídio do DHPP que aguarda resultado de exames e oitivas de mais testemunhas para concluir o inquérito policial.

 

Graciane Sousa
[email protected] 

Imprimir