Cidadeverde.com
Política

Sílvio Mendes diz que Firmino errou em não fazer sucessor ao Palácio da Cidade

Imprimir

O ex-prefeito de Teresina, Sílvio Mendes, afirmou nesta segunda-feira (13) que o prefeito Firmino Filho errou em não fazer um sucessor. Segundo o ex-gestor, dos nomes postos na corrida pelo Palácio da Cidade, Firmino pende por Washington Bonfim, que já foi secretário de educação na capital e atualmente encontra-se filiado ao Progressistas.

“O problema é que nenhum líder político, talvez pela vaidade e não querer dividir foco de luz, não se prepara um sucessor. Acho que esse foi um erro do Firmino. Eu discordo dele. Aí você me pergunta: dá para pegar um nome? Não é assim. A cidade não aceita isso. Nem aceita e nem alguns membros do partido. Mas o Firmino é o maior eleitor de Teresina. Eu digo essas coisas, pois eu digo isso para o Firmino”, disse Sílvio Mendes em entrevista à TV Cidade Verde.

Para Sílvio, Firmino tem dificuldade em escolher seu sucessor, no entanto, sua decisão por um nome para disputar a eleição de outubro pende por Washington Bonfim. Ainda de acordo o ex-gestor, o presidente da Fundação Municipal de Saúde (FMS), Charles da Silveira, perde espaço por ser primo do prefeito.

"O Firmino tem dificuldade em escolher, não está decidido. Eu acho que pende, e posso estar equivocado, pelo Washington Bonfim. Tanto ele como o senador Ciro. A equipe do Firmino tem belíssimos nomes. O Charles é um grande gestor, mas o problema dele é ser primo do Firmino. Isso não fala a favor dele. O Kleber tem todas as qualidades. E tem um nome que não é realçado e conhece a cidade como poucos, o Marco Antonio Aires. Ninguém como ele para conhecer a cidade”, analisa.

Foto: Yasmim Cunha

Sobre Washington Bonfim, Sílvio acredita que seu afastamento de Teresina dificulta uma possível campanha eleitoral. “Acho um problema ele (Washington) ter ficado fora tanto tempo. Foi meu secretário de educação e foi pra São Paulo e isso o distanciou da cidade. O afastamento não condena, mas dificulta”, opina.

O ex-prefeito não descarta ser candidato, mas acha pouco provável. Ele elogiou os pré-candidatos postos até o momento, mas ressaltou que nenhum tem experiência. “Tem bons nomes postos. Eu começo pelo Fábio Novo do PT. É um nome que tem qualidade. O Fábio Abreu eu tenho pouca relação, mas ele sempre foi elegante e tem qualidade. Tem experiência para cuidar de uma cidade? Não. O Fábio Novo também não. Mas ninguém sabe tudo que não possa aprender”, destacou.

Sílvio Mendes voltou a dizer que não tem problemas com Firmino e que saiu da FMS no início dessa gestão por não concordar com o prefeito na esfera administrativa. “Eu saí, pois discordei dele. Quem era o prefeito eleito? Ele. Quem tinha que sair? Eu”, finalizou.

Hérlon Moraes
[email protected]

Imprimir