Cidadeverde.com
Esporte

Em apresentação no Fluminense, Henrique se diz encantado por jogar no clube

Imprimir

O Fluminense apresentou nesta sexta-feira dois dos jogadores contratados pelo clube para a temporada 2020: o volante Henrique, ex-Cruzeiro, e o meia uruguaio Michel Araújo, que chegou do Racing do seu país. Apenas o primeiro deles, porém, tem condições de estrear pelo time no domingo, contra o Bangu, pela terceira rodada da Taça Guanabara.

FOTO - LUCAS MERÇON/ FLUMINENSE

Aos 34 anos, Henrique foi emprestado ao Fluminense até o fim da temporada. O volante reconheceu que a queda do Cruzeiro para a Série B do Campeonato Brasileiro pesou muito para que ele deixasse Belo Horizonte, mas disse em sua primeira entrevista coletiva como jogador do time que ficou encantado com a possibilidade de defender o clube.

"Recebi uma grande oportunidade de estar no Fluminense. Eu vi algo que me encantava os olhos e resolvi vir", disse o jogador, que tem 516 partidas com a camisa do Cruzeiro. "Também pesaram na decisão os jogadores que já estavam aqui, um time que tinha uma dinâmica de jogo muito bonita de se ver. Eu joguei contra e vivi na pele. E tenho o desejo de buscar coisas grandes. Isso encanta a gente."

Henrique garante que está pronto para jogar contra o Bangu. Segundo ele, basta apenas que o treinador Odair Hellmann decida escalá-lo para sua primeira partida no Fluminense. "Estou trabalhando para quando a oportunidade aparecer. Está tudo OK. Depende agora do meu trabalho, do meu desempenho, para poder estar dentro de campo contribuindo da melhor forma possível."

Bem mais jovem (23 anos), o uruguaio Araújo é um meia ofensivo que, segundo ele mesmo, pode atuar em várias posições do ataque, embora seu lugar preferido seja no meio de campo. Ali, porém, ele sabe que é mais difícil ter uma oportunidade no Fluminense.

"Jogar pelo meio é onde mais gosto, mas posso jogar pela direita, pela esquerda, de falso nove... Em todas as posições de ataque eu posso jogar. No meio tem o Nenê e o Ganso, é capaz que por ali seja um pouco mais difícil", disse o jogador, aos risos. Araújo assinou contrato de quatro anos de duração com o clube, que comprou 50% de seus direitos econômicos.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir