Cidadeverde.com
Viver Bem

Gordura no fígado: conheça causas e tratamentos

Imprimir

Foto: Reprodução Tua Saúde

Um em cada três brasileiros tem gordura no fígado, segundo a Sociedade Brasileira de Hepatologia. A estimativa utiliza como base o estudo feito em São Paulo com 15 mil pacientes e média de 40 anos.

A esteatose hepática é o acúmulo de gordura nas células do fígado. Com isso, o tecido hepático saudável é parcialmente substituído por áreas de gordura.

O problema não apresenta sintomas em muitos casos. Para ser detectado com exatidão, portanto, é necessário realizar um ultrassom do abdômen. Por isso, os médicos solicitam a avaliação para pacientes que apresentam alguma predisposição

O consumo excessivo de bebida alcoólica está entre os vilões. Entretanto, pessoas acima do peso também podem apresentar o problema, por conta principalmente do consumo de alimentos gordurosos em grande quantidade.  Além disso, determinados medicamentos contribuem para o surgimento da doença.

Quando ainda não comprometeu totalmente o fígado, a doença é reversível. Entretanto, não basta o consumo de medicamentos. O tratamento inclui mudança nos hábitos.

Além de uma dieta equilibrada, é fundamental praticar atividade física e, claro, suspender o consumo de bebida alcoólica.

Apesar de ser uma doença reversível, vale aqui um alerta importante. Se não for controlada, a gordura no fígado pode evoluir para a cirrose hepática. Por isso, é fundamental manter hábitos saudáveis e, claro, procurar um médico periodicamente para avaliações de rotina.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir