Cidadeverde.com
Esporte

Fortaleza mobiliza torcida para sua 1ª competição internacional da história

Imprimir

Foram oito anos consecutivos na Série C até, em 2017, retornar à Série B do Campeonato Brasileiro. Logo no ano seguinte, o Fortaleza, com Rogério Ceni no comando, conseguiu o acesso à primeira divisão com rodadas de antecedência e título.

Em 2019, além das conquistas da Copa do Nordeste e do Cearense, o time conseguiu não só se manter na elite como também fazer uma boa campanha na Série A, encerrando no nono lugar, e, assim, conquistando uma inédita vaga na Copa Sul-Americana, na qual estreará nesta quinta-feira (13), às 21h30 (de Brasília).

A data é histórica, e a torcida do Fortaleza -incentivada e ajudada pelo próprio clube- vem fazendo a sua parte para lotar o seu espaço no tradicional estádio Libertadores da América, em Avellaneda, Buenos Aires, para o primeiro jogo oficial fora do país de sua história, contra o Independiente.

A expectativa é de que ao menos 3.000 torcedores do Fortaleza acompanhem a partida in loco, número de ingressos que o clube conseguiu, após uma viagem de representantes à Argentina, trazer ao Brasil para facilitar a venda aos seus aficionados -no total, foram 4.500 ingressos destinados aos tricolores.

O Fortaleza fez ainda uma série de promoções para incentivar a ida da torcida à Argentina. Uma delas foi a '"Quem for ao Castelão, pode terminar na Argentina", realizada no jogo contra o Santa Cruz pela Copa do Nordeste, em que torcedores concorreram à viagem.

Outra iniciativa foi a "Onde o Leão for, eu vou", na qual era cedido um cupom para concorrer a um lugar no voo fretado do próprio clube na compra de R$ 150 em produtos na loja virtual do Fortaleza.

Já na promoção "Baixa Renda", uma ação foi feita pela TV Leão envolvendo as mídias sociais para levar um torcedor junto do grupo no avião da delegação. No total, são sete tricolores que viverão a experiência de viajar com a delegação -o voo saiu na noite de terça-feira (11) de Fortaleza.

A ideia do clube era não só ajudar os aficionados a irem para a Argentina, mas também aproximar ainda mais a relação entre torcedor e clube.

"É um marco na nossa história, a cidade está vivendo esse jogo. Para se ter uma ideia, já fizemos 30 mil check-ins para o jogo do dia 27, que é o da volta, temos um deslocamento de aproximadamente 2.500 pessoas para a Argentina, torcedores de todas as faixas etárias e classes sociais, pessoal que até vendeu vale-transporte para ir para o jogo", disse Marcelo Paz em entrevista à reportagem.

"É uma mobilização absurda. Só se fala disso. Já tem muito torcedor do Fortaleza em Buenos Aires, postando vídeos, imagens, da interação com os argentinos. É algo, realmente, muito impactante", completou o mandatário tricolor.

Além das ações promovidas pelo clube, o próprio desempenho do time em 2020 deixa o torcedor ainda mais empolgado para a histórica partida na Argentina. A equipe comandada por Rogério Ceni ainda não sabe o que é perder nesta temporada; são cinco jogos, com dois empates e três vitórias, sendo as duas últimas marcantes: 3 a 0 sobre o Santa Cruz, no último sábado (8), pela Copa do Nordeste, e 5 a 0 sobre o Atlético-CE, na quarta anterior (5), pelo Estadual.

A vaga na segunda fase da Sul-Americana será decidida em duas partidas. O duelo de volta está marcado para o próximo dia 27, na Arena Castelão.

MARCELLO DE VICO
SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) 

Imprimir