Cidadeverde.com
Últimas

Sinalização em esquinas reduziu acidentes em 83%, diz Strans

Imprimir

Foto: PMT

Os números da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) sobre o projeto Esquina Segura apontam uma redução de 83% nas colisões entre veículos em esquinas da capital. Os dados são de outubro a dezembro do ano passado, com os três meses anteriores.

De acordo com o relatório do projeto, em 25 cruzamentos foram registrados 18 colisões no período de 3 de julho a 15 de outubro de 2019, em áreas do centro e zonas leste e sul. Nesses mesmos locais, aconteceram apenas três colisões no período de 16 de outubro a 31 de dezembro.

O local com maior incidência de ocorrências era no cruzamento das ruas Félix Pacheco e 24 de Janeiro, que registraram seis ocorrências de julho a 15 de outubro e nenhuma no período de 16 de outubro a 31 de dezembro do ano passado. 

O projeto Esquina Segura é executado em cruzamentos com o reforço na sinalização com pintura na via, delimitação de espaço para conversões, faixas de pedestres, colocação de tachões refletivos e placas.

Outros pontos sem nenhum registro de colisão nesse mesmo período foi no cruzamento da Rua Lisandro Nogueira com Rui Barbosa, onde havia ocorrido quatro colisões, de julho a outubro do ano passado; e no cruzamento da Rua Benjamin Constant com Magalhães Filho haviam sido registrados dois acidentes de julho a outubro.

“A Strans iniciou esse projeto em junho do ano passado e no final do ano já estava instalado em 25 cruzamentos. Este ano, estamos expandindo e já reforçamos a sinalização em 35 cruzamentos. Com isso, estamos tentando uma mudança na cultura dos condutores que insistem em desrespeitar as normas de circulação viária”, enfatiza o superintendente da Strans, Weldon Bandeira.

Da Redação
[email protected]

Imprimir