Cidadeverde.com
Política

Governador diz buscar entendimento e afirma que Progressistas é livre para romper

Imprimir

Foto: YasmimCunha/CidadeVerde.com

O governador Wellington Dias (PT) afirma que busca entendimento com os aliados para as eleições de 2020, nos 224 municípios do estado. Sobre a possibilidade de rompimento de alguns aliados, o governador afirma que vai respeitar a autonomia de cada sigla. 

“Quem faz esse trabalho de tomada de decisões são os partidos. O que busco é olhar o xadrez dos 224 municípios como um líder estadual, que coordena e trabalha à política estadual no sentido de  tratar de algumas situações onde há o conflito e a necessidade de um entendimento. Mas respeitando sempre a posição final de cada partido. A autonomia dos partidos é o meu pensamento. Qual o objetivo? Que esse projeto olhando para o desenvolvimento do Piauí, seja vitorioso em cada município. Isso para termos uma política integrada garantindo uma celebração ainda maior”, destacou.

A ameaça maior de rompimento é com relação ao Progressistas. O partido que é presidido pelo senador Ciro Nogueira, já avisou que terá candidato a governador em 2022. Isso colocaria PT e Progressistas de lados opostos. 

“Tivemos uma excelente vitória em 2018. A minha ideia que time que está ganhando não se mexe a não ser que seja para melhor. Esse é o meu entendimento. Agora o partido tem liberdade para escolher”, disse. 

Wellington Dias afirma que o objetivo é eleger o maior número de aliados possíveis nos 224 municípios entre prefeitos e vereadores. 

“Não só os meus planos, mas para o projeto de desenvolvimento do Piauí. Não trabalho uma linha apenas do interesse pessoal. Uma eleição organiza outra. Se Deus quiser nas eleições de 2020 teremos um número importante de vitórias de vereadores, prefeito e vice-prefeitos nos 224 municípios “, destacou. 
 

Lídia Brito
[email protected]

  • obra_maternidade.jpg Yasmim Cunha
  • governador_(24).jpg Yasmim Cunha
  • governador_(23).jpg Yasmim Cunha
  • governador_(22).jpg Yasmim Cunha
  • governador_(21).jpg Yasmim Cunha
  • governador_(18).jpg Yasmim Cunha
  • governador_(17).jpg Yasmim Cunha
  • governador_(16).jpg Yasmim Cunha
  • governador_(15).jpg Yasmim Cunha
  • governador_(14).jpg Yasmim Cunha
  • governador_(13).jpg Yasmim Cunha
  • governador_(12).jpg Yasmim Cunha
  • governador_(11).jpg Yasmim Cunha
  • governador_(9).jpg Yasmim Cunha
  • governador_(8).jpg Yasmim Cunha
  • governador_(7).jpg Yasmim Cunha
  • governador_(5).jpg Yasmim Cunha
  • governador_(4).jpg Yasmim Cunha
  • governador_(3).jpg Yasmim Cunha
  • governador_(2).jpg Yasmim Cunha
Imprimir