Cidadeverde.com
Esporte

Por coronavírus, Ferj e clubes decidem paralisar o Carioca por 15 dias

Imprimir

Em reunião realizada na manhã desta segunda-feira (16) na sede de Ferj (Federação de Futebol do Rio de Janeiro), os clubes e a entidade decidiram paralisar o Campeonato Carioca por 15 dias por conta do coronavírus.

A medida foi tomada em comum acordo apesar de alguns votos dissonantes. A reunião demorou mais de três horas por conta de algumas divergências durante o debate.

Enquanto Botafogo, Fluminense, Vasco e alguns clubes de menor investimento se mostraram favoráveis à suspensão das atividades do Estadual, Flamengo e a maioria dos pequenos gostariam da manutenção do calendário.

"Argumentos técnicos e de saúde (convenceram o Flamengo e os clubes pequenos). O entendimento de todos era a convergência de opiniões em prol do bem comum", disse Rubens Lopes, presidente da Ferj.

"Não foi discutida uma solução definitiva pois não é possível. A CBF também não conseguiria. As entidades têm o mesmo problema. Hoje a coisa é de um jeito, mas é dinâmico, amanhã pode mudar. Conversei com o presidente (da CBF, Rogério Caboclo) e estamos na mesma página", completou.

Presidentes dos quatro grandes clubes do Rio estiveram presentes na reunião: Nelson Mufarrej, do Botafogo, Mario Bittencourt, do Fluminense, Rodolfo Landim, do Flamengo, e Alexandre Campello, do Vasco.

Campello, porém, deixou a sede da Ferj irritado com um encontro entre Rubens Lopes, presidente da entidade, e Landim, antes da assembleia marcada para às 9h30, o que causou atrasos. Assim, o mandatário cruz-maltino saiu antes mesmo de a reunião começar e deixou a posição da diretoria do clube com João Paulo Magalhães, presidente do Boavista.

Além disso, também esteve presente Alfredo Sampaio, presidente do Saferj (Sindicato dos Atletas de Futebol do Estado do Rio de Janeiro). A entidade discutiu junto aos clubes a questão trabalhista dos jogadores durante a pausa.

Vale ressaltar que a paralisação passa a valer a partir desta terça (17). Nesta segunda, Madureira e Volta Redonda se encaram no estádio Conselheiro Galvão, no encerramento da terceira rodada da Taça Rio, segundo turno do Carioca.

CAIO BLOIS
RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS)

Imprimir