Cidadeverde.com
Política

Novo prefeito exonera concursados de Demerval Lobão

Imprimir

Cerca de 40 profissionais da saúde que foram aprovados no concurso para os quadros do programa saúde da família (PSF) de Demerval Lobão, foram exonerados pelo atual prefeito, Geraldo Guedes Júnior (PPS), aparentemente sem justa causa.

Médicos, enfermeiros, dentistas e auxiliares de consultório, de enfermagem que tinham sido aprovados em junho e já estavam trabalhando nas equipes de PSF, nos hospitais e postos de saúde.
 
“O concurso foi em junho, o ex-prefeito [Washington Marques] já havia nomeado os aprovados, que já estavam trabalhando há cerca de três meses e quando chegaram para trabalhar, receberam a notícia do dia para noite de que seriam demitidos, que foi baixado através de decreto”, explicou o advogado Antônio Carlos, que impetrou um mandado de segurança, pedindo o retorno dos aprovados.

Ainda segundo o advogado, o prefeito já teria contratado prestadores de serviço para atuar no lugar dos concursados.  “Ele alega que o município não tem condições de pagar os salários previstos no edital. Mas, eles já estavam recebendo e ele ainda contratou terceirizado para o lugar deles, isso é um ilegal”, destacou Antônio Carlos.

Na última sexta-feira, os concursados fizeram uma manifestação em frente ao Fórum pedindo o retorno nas atividades. Outras equipes de PSF que já existiam tiveram seus salários reduzidos ao salário-base, perdendo suas gratificações. 

O Cidadeverde.com tentou entrar em contato com o prefeito Geraldo Júnior, mas não obteve sucesso.


Caroline Oliveira
[email protected]

Tags:
Imprimir