Cidadeverde.com
Cidades

Jovem desaparece na Cachoeira do Urubu; 2ª vítima em oito dias

Imprimir


Dois foram vistos pela última vez na Cachoeira do Urubu em Batalha

Pelo menos duas pessoas estão desaparecidas após visitarem a Cachoeira do Urubu, entre os municípios de Esperantina e Batalha, no norte do Estado. O último desaparecimento aconteceu na tarde desta segunda-feira (30), um jovem identificado como Antônio Lourival de Souza Silva Júnior, de 26 anos, que estava tomando banho no local com outro amigo. 

O comandante do Grupamento da Polícia Militar em Batalha, sargento Machado, disse que a vítima era hippie e estava de passagem pela cidade e era de Parnaíba. "Ele é daqueles hippies que saem pelas cidades vendendo pulseiras, colares. Eles pediram carona para uma caminhonete e o homem disse que estava indo para a Cachoeira e eles pularam na carroceria e foram. Lá ele teria entrado e se afogado", detalhou o policial militar. 

De acordo com o delegado de Batalha, Denis Sampaio, ele andava com outro homem quando teria sido levado pela correnteza. 

“Andavam pelo menos dois homens um deles foi levado pela correnteza, ele ainda tentou resgatá-lo, mas não conseguiu, ele procurou a delegacia de Batalha para comunicar isso, mas ainda não temos informações de que o corpo tenha aparecido. Esse corpo pode aparecer em local mais distante, em outro município, mas até momento não temos nenhuma informação”, explicou o delegado. 

Um vídeo feito pelo colega de Antônio Lourival foi feito minutos antes deles tentarem atravessar a passarela da Cachoeira e mostra a forte correnteza no local. 

 

Uma equipe de mergulhadores do Corpo de Bombeiros foi enviada à região na manhã desta terça-feira(31) para tentar encontrar a vítima. 

Outro desaparecido na cachoeira

Sobre o homem desaparecido no domingo dia 22, o delegado afirmou que familiares informaram que o homem teria saído para pescar na Cachoeira e estava demorando, quando foram ao local, só teriam encontrado a bicicleta.

“O corpo até hoje não apareceu. Os familiares supõem que foi afogamento”, completou o delegado Denis Sampaio, que disse que acionou o Corpo de Bombeiros e a primeira providência é achar os corpos. 

 

 

Caroline Oliveira
[email protected]

Imprimir