Cidadeverde.com
Esporte

Vascaínos criam vaquinha para ajudar atletas paraolímpicos dispensados

Imprimir

O espírito de solidariedade do vascaíno está aflorado neste período de pandemia. Além de fazerem contribuições para o pagamento de salários atrasados dos funcionários e para as obras do centro de treinamento em Jacarepaguá (RJ), eles também se mobilizam para ajudar atletas e funcionários do departamento paraolímpico que foram dispensados pelo clube na semana passada.

Uma vaquinha online foi criada pelos coordenadores do projeto e visa custear a infraestrutura necessária para os treinamentos que agora acontecerão no Cefan (RJ) após parceria com a Marinha. A meta é arrecadar R$ 170 mil.

O grupo político "Guardiões da Colina" fará uma live neste domingo (24) em apoio à campanha que contará com jogadores de futebol, ídolos e jornalistas, explicando a iniciativa e comentando a reprise da final da Libertadores de 1998, que será transmitida na TV Globo às 16h.

Vale lembrar que muitos deles estavam em processo de preparação para os Jogos Olímpicos de Tóquio, que aconteceriam em 2020, mas que foram adiados para 2021 por conta da pandemia do coronavírus.

No total, o projeto paraolímpico do Vasco abrigava 125 atletas e alunos.

BRUNO BRAZ
RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) 

Imprimir