Cidadeverde.com
Esporte

Botafogo se aproxima de três meses de atraso e tenta quitar uma parte em 7 dias

Imprimir

O Botafogo vive situação financeira delicada e se aproxima de três meses de salários atrasados. Para amenizar o incômodo, o comitê executivo de futebol traçou uma meta para pagar parte desta dívida em até sete dias.

O clube aguarda a liberação de dinheiro na Justiça para realizar parte dos pagamentos. Alguns jogadores com salários mais baixos relataram certas dificuldades para pagar as contas em casa e foram avisados da previsão.

Vale ressaltar que o Botafogo optou por não reduzir o salário dos seus atletas durante o período de pandemia do novo coronavírus. A decisão foi tomada pela cúpula que comanda o futebol; jogadores sequer foram consultados nesse sentido.

Além de não renegociar os salários, o Botafogo também adota a cautela sobre quando retomará as atividades. Mesmo com a liberação da Prefeitura do Rio de Janeiro, o tim alvinegro não tem como objetivo voltar aos treinamentos presenciais. A ideia é reavaliar a situação mais para o fim de junho.

O Botafogo mantém postura firme nessa questão. Ao contrario de Flamengo e Vasco que são favoráveis ao retorno do futebol, o clube alvinegro está ao lado do Fluminense nessa pauta e prefere esperar uma melhora no quadro geral para retomar as atividades normalmente.

BERNARDO GENTILE
RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS)

Imprimir