Cidadeverde.com
Esporte

Vasco garante segurança em São Januário para retorno ao Carioca

Imprimir

Após o pontapé inicial para a retomada do futebol ter sido dado pelo Flamengo, na última quinta (18), será a vez do Vasco colocar em prática as medidas de segurança contra o novo coronavírus, agora em São Januário, para a partida neste domingo (21), diante do Macaé, às 16h, pela Taça Rio.

Foto - Divulgação - Vasco

E no que depender da diretoria, o estádio está pronto. Por já estar treinando no local enquanto seu centro de treinamento próprio em Jacarepaguá, na zona oeste do Rio de Janeiro, não fica de pé, o clube cruz-maltino já tinha adiantado a maior parte das adaptações para o protocolo "Jogo Seguro", elaborado pela Ferj (Federação de Futebol do Rio de Janeiro) em conjunto com os departamentos médicos dos clubes.

"Está tudo sendo seguido de acordo com o protocolo [Jogo Seguro]. Há o corredor de desinfecção, a área de testes na chegada das delegações, houve a desinfecção dos ambientes... Está tudo conforme estabelece o protocolo. São Januário está sempre pronto", garantiu à reportagem o vice-presidente de patrimônio, André Luiz Vieira Afonso.

Nos treinamentos que têm sido realizados no estádio, os jogadores já passam por uma triagem que contém um questionário e um túnel de desinfecção. O estacionamento já está demarcado com vagas específicas para cada atleta e integrante da comissão técnica.

No jogo, os vestiários serão utilizados pela primeira vez, já que eles estão fechados nas atividades rotineiras e os atletas voltam para casa imediatamente após os treinos. A recomendação do protocolo é, se possível, intercalar os armários e ficar o menor tempo possível no local, priorizando o aquecimento no gramado.

Na sexta (19) a Vigilância Sanitária determinou a retirada imediata do túnel de desinfecção do Maracanã. O equipamento não consta no protocolo elaborado especificamente para a retomada das atividades desportivas, e publicado no Diário Oficial, no último dia 4. Com isto, a tendência é a de que ele não seja utilizado na partida entre Vasco e Macaé.

Em relação à imprensa escrita e de internet, o procedimento será diferente em relação ao que foi feito no Maracanã, no jogo entre Flamengo e Bangu. Como em São Januário os jornalistas ficam em um camarote fechado, há a possibilidade de que eles se estabeleçam no setor social do estádio, uma vez que os portões estarão fechados. Caso se decida por mantê-los no camarote, a exigência é que os profissionais fiquem intercalados entre um banco e outro.

Uma mudança paralela às questões de segurança no combate à Covid-19 se refere ao gramado de São Januário. O clube fez um plantio para a grama de inverno e o objetivo é que ela suporte mais a maratona de jogos que está por vir por conta do calendário apertado que se dará com a volta de futebol.

O gramado do campo anexo, onde os jogadores têm realizado treinamentos, também foi trocado.

Estádio: São Januário, no Rio de Janeiro

Horário: 16h (de Brasília) deste domingo (21)

Árbitro: Grazianni Maciel Rocha

BRUNO BRAZ
RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) 

Imprimir