Cidadeverde.com
Esporte

Por casos de covid-19, Federação adia todos os jogos das quartas do Catarinense

Imprimir

Foto: Márcio Cunha/ACF

Atualizada às 20h03

Horas depois de suspender o confronto entre Avaí e Chapecoense, a Federação Catarinense de Futebol (FCF) confirmou neste sábado que toda a rodada de volta das quartas de final do Campeonato Catarinense está adiada. O motivo são os casos de covid-19, no elenco e na comissão técnica, revelados pela Chapecoense na sexta-feira.

Em nota oficial, a entidade estadual destacou que "remarcará, oportunamente, as datas dos jogos de volta das quartas de final, da segunda fase, bem como da terceira fase (semifinais) e da quarta fase (finais) da competição".

O Estadual de Santa Catarina retornou na última quarta-feira após cerca de quatro meses de paralisação por conta da pandemia de covid-19. E foi justamente a doença causada pelo novo coronavírus que forçou nova interrupção.

A Federação alegou que todos os jogos deveriam acontecer ao mesmo tempo, neste domingo. E, como Avaí x Chapecoense não poderá ser realizado, decidiu adiar também as demais partidas: Marcílio Dias x Criciúma, Figueirense x Juventus e Brusque x Joinville.

Foram registrados 14 casos na Chapecoense. Moisés Egert, técnico do Marcílio Dias; Patrick, volante do Figueirense; dois atletas do Criciúma e dois jogadores e dois integrantes do departamento médico do Joinville também foram diagnosticados.

O único duelo mantido, portanto, é o confronto de ida do playoff contra o rebaixamento. Na terça-feira, às 15h, o Tubarão recebe o Concórdia, no estádio Domingos Silveira Gonzales, na cidade de Tubarão.

Matéria original - 19h27
O jogo entre Avaí e Chapecoense, que seria realizado neste domingo pelas quartas de final do Campeonato Catarinense, foi adiado pelo governo de Santa Catarina. A Superintendência de Vigilância em Saúde Estadual informou que tomou a medida após a confirmação de 14 casos confirmados do novo coronavírus.

Mais cedo, o Avaí divulgou que todos os testes realizados para a covid-19 deram negativos. Com isso, os 14 casos confirmados foram de jogadores e funcionários da Chapecoense, que não confirmou o número de casos nem o nome dos profissionais infectados. Na sexta, o clube de Chapecó já havia anunciado que havia infectados no elenco, porém não revelou a quantidade.

"Uma das equipes teve 14 casos confirmados para covid-19 e será necessário afastamento de todos os atletas para seguir as medidas necessárias de proteção. A Secretaria de Estado da Saúde segue atenta a qualquer avanço de transmissão e essas medidas são tomadas para resguardar a saúde de todos", diz trecho da nota divulgada pelo governo de Santa Catarina.

A partida seria realizada neste domingo, às 16h, na Ressacada, em Florianópolis. Com o cancelamento, três outros jogos vão ocorrer neste domingo: Marcílio Dias x Criciúma (às 11h), Figueirense x Juventus (às 18h30) e Brusque x Joinville (às 21h), todos válidos pelas quartas de final do Campeonato Catarinense.

A competição foi retomada na última quarta-feira, após quase quatro meses de paralisação por causa da pandemia do novo coronavírus. Ainda não há nova data para a partida entre Avaí e Chapecoense.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir