Cidadeverde.com
Geral

Pandemia reduz em 62% o diagnóstico de câncer no Piauí, revela Sociedade de Patologia

Imprimir

O médico da Sociedade Brasileira de Patologia, Gerônimo Júnior, revelou que a pandemia de coronavírus está resultando na diminuição de diagnósticos de câncer no Piauí.

Segundo levantamento da Sociedade Brasileira de Patologia, de abril a junho deste ano o número de pessoas diagnosticadas com câncer no Piauí foi 62% menor em relação ao mesmo período de 2019. O médico Gerônimo Júnior vê a redução de diagnósticos como "preocupante".  O especialista explica que isso tem acontecido em todo Brasil e que vários fatores são responsáveis por essa diminuição. 

O médico afirma que, devido às medidas de isolamento social e o receio de ser contaminado pelo coronavírus,  os piauienses estão com medo de ir às consultas presenciais e de irem aos laboratórios realizar exames de rotina ou de rastreamento. O presidente da Sociedade defende que pacientes sem diagnóstico ou que estão em tratamento devem retornar ao ambiente hospitalar. 

"A gente tem três situações e a mais grave é a de pacientes que estão deixando de  ter diagnóstico.  A gente não deve menosprezar a gravidade dessa pandemia, mas não podemos esquecer que existem outras doenças que concomitantemente acontecem naturalmente e que matam  até mais que a Covid. Doenças cardiovasculares, cânceres, enfim, eu acho que, diante de toda situação que vivemos, houve um foco muito grande na Covid. Não estou aqui dizendo que não foi necessário em dado momento, mas é hora de retomar o olhar para essas doenças que mensalmente matam muito", defende o médico patologista. 

 

Izabella Pimentel
Com informações do Jornal do Piauí
[email protected] 

Imprimir