Cidadeverde.com
Geral

Piauí chega a 1.100 mortes por covid; novos casos caem pela segunda semana seguida

Imprimir

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com

Atualizada e ampliada às 20h16

O Piauí termina a semana com 1.100 mortes e 39.296 casos confirmados no total acumulado desde março. Apesar dos números elevados, foi a segunda semana seguida com redução de testes positivos e tendência de estabilização nos registros de novos óbitos. 

Nos últimos sete dias, foram 6.333 casos confirmados, número inferior ao da semana anterior (6.884), na qual já havia sido registrada queda nos testes positivos para covid-19 - há duas semanas, foram 6.921. 

Em relação aos óbitos, foram 164 confirmados nos últimos sete dias, número maior que o da semana anterior (152). Ainda assim, este não foi o período com maior registro de mortes por covid-19 - há duas semanas, foram 169 vidas perdidas por infecção pelo novo coronavírus.

Neste sábado (18), a Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi) registrou 728 novos casos e 17 óbitos. 

 

Das novas mortes confirmadas, oito são de pacientes de Teresina: quatro homens (72, 75, 80 e 92 anos) e quatro mulheres (32, 45, 61 e 70 anos). A capital tem 593 mortes por covid-19. 

Parnaíba registrou mais dois óbitos - homens de 42 e 87 anos - e chegou a 101 no total. 

Luzilândia confirmou sua 17ª morte - uma mulher de 75 anos.

Cocal registrou duas novas mortes: um idoso de 75 anos e uma mulher de 32. São 10 óbitos no total. 

Também foram confirmados o terceiro óbito de Monsenhor Gil (mulhr, 91 anos) e o segundo de São João da Serra (homem, 72 anos). 

Com as primeiras mortes de Floresta do Piauí (mulher, 78 anos) e Guadalupe (homem, 85 anos), o número de municípios com óbitos subiu para 112.

Casos confirmados
O número de municípios com registro do novo coronavírus continua em 216. 

A maioria dos casos está concentrada em Teresina (13.489), Parnaíba (4.433), Campo Maior (1.302), Picos (1.249) e Luzilândia (1.127). 

Neste sábado, Barras se tornou mais um município a ultrapassar a barreira dos mil casos (1.042). 

Situação hospitalar
Foram 41 altas médicas desde a noite de sexta-feira. Isso ajudou a reduzir o número de internações. A ocupação de leitos caiu de 883 para 864 nas últimas 24 horas. 

São 545 pacientes em leitos clínicos, 17 em estabilização e 302 em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). 

 

Fábio Lima
[email protected]

Imprimir