Cidadeverde.com
Esporte

Augusto afirma que garotos do Piauí ainda vão dar o que falar

Imprimir
Foto: Fábio Lima/Cidadeverde.com
Augusto apostou na garotada e venceu o River por 3 a 1
 
O grande nome do Piauí para a temporada 2009 é o do veterano Maradona, que já atingiu suas quatro décadas de vida. Mas quem deu o que falar na vitória por 3 a 1 sobre o River no estádio Lindolfo Monteiro, na noite desta segunda-feira (16) foi a juventude. Com a média de idade mais baixa do Campeonato Piauiense, 22,5 anos, o rubroanil apostou na garotada, que para o técnico Augusto Melo ainda vai dar o que falar.
 
"Nós temos jogadores de qualidade, elo menos uma meia duzia que até o próximo ano serão grandes nomes do futebol do Piauí", disse Augusto ao Cidadeverde.com. O técnico comanda o clube conhecido por ser campeão revelando atletas. Dos seus cinco títulos, quatro no final dos anos 60 e um nos anos 80, nomes como o de Simão Teles Bacelar, o Sima, despontaram no Enxuga-rato.
 
Mas para o jogo contra o River, a estratégia não foi só apostar no talento dos mais novos. "Nossa média de idade é a mais baixa do campeonato. Com certeza nós sabíamos que se não tivéssemos a técnica do adversário, nós íamos buscar fazer a diferença na juventude e na preparação física", disse o treinador. O Piauí iniciou sua pré-temporada duas semanas antes do Galo.
 
As substituições também foram outro ponto favorável a Augusto. Ele colocou Nailton Recife, 20 anos, Toni, de 19, e Cleiton, de 18, na etapa final. A velocidade do último provocou as investidas do rubroanil, que se intensificaram depois da metade do segundo tempo, e acabaram com o placar ampliado em 3 a 1 nos acréscimos, com gol de Nailton. "São jogadores jovens, que fazem aquilo que a gente pede. E o Piauí voltou a crescer na partida", concluiu o treinador.
 
Tags:
Imprimir