Cidadeverde.com
Política

"Queremos botar o dedo nas feridas abertas de Teresina", diz pré-candidato Pedro Laurentino

Imprimir

 

 

O pré-candidato a prefeito de Teresina, Pedro Laurentino (UP), declarou em entrevista ao Jornal do Piauí, nesta quarta-feira (5), que, se eleito, fará um mandato de "força popular".

Laurentino, que já foi vereador de Teresina na década de 90, analisa  que a política mudou para pior e que o povo está cansado das manobras de "toma lá da cá". Ele garante que em seu possível mandato vereadores fisiológicos "não terão vez". 

Filiado em no partido Unidade Popular (UP) fundado ano passado, que tem como membros jovens, militantes, intelectuais e trabalhadores, Pedro Laurentino tem como proposta fazer o que ele chama de "organizar o povo".

"A Unidade Popular vem com a proposta de organizar o povo, de sair da situação de desemprego e misérias,do povo passando por dificuldades, abandonado pela esquerda que esteve no poder nos últimos anos", disse Pedro Laurentino.

O pré-candidato defende que é preciso colocar o povo como protagonista na discussão política. "Queremos fazer um governo onde o povo tenha poder de decidir e governar com a gente", ressalta Pedro Laurentino. 

O pré-candidato também afirmou que a UP está com uma coligação praticamente fechada com o PCB e tenta uma aliança com o PSOL, com objetivo de formar uma frente antifascista. 


Izabella Pimentel
[email protected]

Imprimir