Cidadeverde.com
Geral

Isolamento social volta a subir e Teresina fica em 1º lugar no índice entre as capitais

Imprimir

Foto: Cidadeverde.com 

Teresina ficou em primeiro lugar no ranking entre as capitais do Brasil quanto ao índice de isolamento social no sábado (08). A capital piauiense registrou 48,6%, apontando que o isolamento voltou a subir na cidade.  Em segundo lugar ficou a capital Rio Branco, com 42,63%.

A Prefeitura de Teresina (PMT) informa que a "taxa de ontem em Teresina também se manteve no mesmo patamar em comparação ao sábado anterior, onde se registrou 49,2%". 

"O isolamento social havia sofrido baixa nos dias úteis desta semana, oscilando entre 37 e 41%, o que pode ser associado com o início da segunda etapa da Fase 2 de reabertura das atividades econômicas, onde voltaram a funcionar shoppings e centros comerciais, na última segunda-feira", destaca a PMT.

Para aumentar os percentuais no processo de retomada da economia, "a Prefeitura tem aplicado nos finais de semana medidas restritivas mais rígidas para as atividades econômicas'.

- farmácias e drogarias
- serviços de saúde, serviços de segurança e vigilância
- serviços de delivery exclusivamente para alimentação pronta, água e gás de cozinha
- órgãos e profissionais de comunicação
- situações comprovadas de urgências e emergências.

A Prefeitura ressalta que "as informações dos índices são da startup InLoco, que faz o georreferenciamento de smartphones em cidades de todo o território nacional".

Zonas de Teresina

Os dados também constatam o isolamento social por zonas de Teresina, a região que mais respeitou o isolamento: 

1º lugar: Zona Centro-Norte com um índice de 49,67%
2º lugar: Zola Sul com 48,98%
3º lugar: Zona Leste com 46,87%
4º Lugar: Zona Sudeste com 46,84%

Bairros e Localidades

A PMT informa que os bairros e localidades que mais respeitaram o isolamento social em Teresina no sábado (08) foram:

1º lugar: área da Frei Serafim (56,3%)
2º lugar: Primavera (55,85%)
3º lugar: Nova Brasília (55,6%) 
4º lugar: Olarias (54,3%). 

Já os bairros que apresentaram os menores percentuais foram:

Parque Jacinta (37%)
Embrapa (39,4%)
Pedra Mole (41,83%)
Cristo Rei (41,9%)

Carlienne Carpaso
[email protected] 

Imprimir