Cidadeverde.com
Geral

Moradores acionam o Senado contra projeto do Aeroporto

Imprimir
 
Um grupo de moradores do bairro Itaperu, zona norte de Teresina, entregou ao senador Heráclito Fortes (DEM/PI) no final da semana passada um abaixo-assinado, com cerca de seiscentas assinaturas, pedindo providências a respeito do projeto de ampliação do Aeroporto Petrônio Portella. Moradores estão preocupados com a provável desapropriação de suas casas e sugerem até a demolição do terminal para construção de um novo, em outro local.
 
O Itaperu conta com mais de trezentas famílias, que ainda buscam mais assinaturas para pressionar os políticos. O documento foi apresentado por Heráclito na sessão desta terça-feira (17). O senador criticou o projeto avaliado em R$ 3 milhões que prevê melhoria nos acessos, expansão da pista, maior drenagem de água, entre outras melhorias para o aeroporto.
 
 
No abaixo-assinado, além da preocupação com a desapropriação das casas, eles reclamam dos riscos com acidentes aéreos que possam ocorrer com a ampliação. “O que nos aflige é sabermos que as coisas estão acontecendo por detrás dos panos, na surdina, com pessoas se reunindo para projetar o aeroporto de Teresina, falando de desapropriação como se a vida de seres humanos não estivessem em questão”, diz o texto do documento.
 
Uma das propostas colocadas no abaixo-assinado foi apoiada pelo senador. Os moradores lembram que outras cidades já tiveram problemas semelhantes e optaram pela construção de novos aeroportos fora de regiões habitadas. "O Governo anuncia a reforma e ampliação de um aeroporto que não tem mais como crescer, a não ser por meio de desapropriações sem sentido, que não resolverão, em médio prazo, a questão. Teresina precisa de um aeroporto que tenha condições de expandir sua pista até pelo menos 2.800 metros", reclamou Heráclito.
 
Tags:
Imprimir