Cidadeverde.com
Geral

Piauí registra 9 mortes e mantém tendência de queda nos casos e óbitos por covid

Imprimir

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com

Ampliada às 19h54

O Piauí mantém a tendência de redução no número de casos e mortes por covid-19. Nesta quarta-feira (2), foram contabilizados nove óbitos e 797 novos infectados pelo coronavírus. 

É o segundo dia consecutivo com menos de 10 mortes por covid-19 - ontem foram contabilizados três óbitos. A última vez que isso havia sido registrado foi no final do mês de maio. 

Os principais números desta quarta-feira (02/09)
- 09 mortes confirmadas / 1.855 no total
- 797 casos confirmados / 79.719 no total
- Média dos últimos 7 dias: 13 mortes / 651 casos
- UTIs: 241 internados (ocupação de 55,92%)

A média diária, com base nos últimos sete dias, é de 13 mortes - esse índice chegou a 19 óbitos no dia 11 de agosto. 

Já a média de novos casos caiu para 651 - no mês passado, o índice chegou a 963 casos. 

Novas mortes
O número de municípios com mortes subiu para 163 - Eliseu Martins entrou na lista. 

Os nove óbitos confirmados nesta quarta-feira são dos seguintes municípios:

- Água Branca - 1 (homem, 84 anos)
Total do município: 33

- Eliseu Martins - 1 (homem, 89 anos)
Total do município: 1

- Palmeirais - 1 (mulher, 64 anos)
Total do município: 4

- Picos - 3 (homem - 65 anos; mulheres - 60 e 61 anos)
Total do município: 57

- Redenção do Gurgueia - 1 (homem, 71 anos)
Total do município: 5

- Teresina - 2 (homem - 84 anos; mulher - 80 anos)
Total do município: 915

Os números podem incluir tanto mortes ocorridas na quarta-feira como de dias anteriores, mas que somente agora tiveram o resultado do exame do coronavírus recebido pela Sesapi. 

 

Casos confirmados
Há registro de infectados em 223 dos 224 municípios do Piauí. Apenas Canavieira está fora da lista.

Situação hospitalar
Foram 64 altas médicas registradas a mais, o que contribuiu para a redução dos leitos ocupados de 635 para 625. 

Estão internados 376 pacientes em leitos clínicos, oito em estabilização e 241 em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). 

 

Fábio Lima
[email protected]

Imprimir