Cidadeverde.com
Destaques da TV/Rádio

Soldado do 2º BEC é agredido a coronhadas durante tentativa de assalto em serviço

Imprimir

 

Matéria atualizada às 11h15, desta sexta-feira (09)

Um soldado do 2º Batalhão de Engenharia e Construção (BEC) foi agredido a coronhadas durante uma tentativa de assalto em serviço. Os recrutas faziam a segurança da Vila Militar, onde residem militares do Exército, quando foram abordados por criminosos  que pretendiam roubar o celular das vítimas. tUm deles abordou um dos soldados e, ao perceber que ele não tinha objetos pessoais, acabou o agredindo a coronhadas. Ele precisou de atendimento médico e pegou alguns pontos na cabeça. 

O caso ocorreu por volta das 19h, na Vila Militar situada na Rua José Amavel, bairro Cabral, no centro. 

O major Sérvio Alcântara, que está respondendo pelo subcomando do 2º BEC, informou que o ataque foi pontual e não houve tentativa de invasão. Ele disse ainda ao Cidadeverde.com que foram reforçadas orientações aos militares, bem como a instalação de câmeras. 

"O militar está bem. Essa tentativa de assalto foi algo pontual. De toda forma, instalamos câmeras, reforçamos as orientações, as regras de engajamento  e estamos providenciando a aquisição e instalação de mais câmeras de vigilância. Não foi registrado BO por se tratar de um caso que ocorreu em juridisção militar, mas acionamos a PM que reforçou as rondas ostensivas. Fizemos uma apuração preliminar e vamos aprofundá-la", informou o major. 

O militar explica que a apuração inicial apontou que os soldados não portavam cassetetes, mas apuração mais aprofundada confirmou que eles usavam o bastão de madeira. O porte da arma de fogo é autorizado apenas para militares que atuam na parte interna.

Graciane Sousa
[email protected]

Imprimir