Cidadeverde.com
Geral

Mulher suspeita de matar vizinha por briga de muro e esgoto é presa pelo DHPP

Imprimir

Foto: Roberta Aline/ Cidadeverde.com

Ana Lopes foi morta com vários golpes de faca

O núcleo de Feminicídio do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) cumpriu mandado de prisão preventiva contra a mulher suspeita de matar a vizinha, identificada como Ana Lopes Neta, 59 anos. A prisão foi feita após ela prestar depoimento na especializada, nesta terça-feira (13).

Ana Lopes foi morta em via pública na Vila Taquari, zona Leste de Teresina, no último dia 25 de setembro. Em depoimento feito na presença de advogados, a suspeita, que não teve o nome divulgado, negou que tenha praticado o assassinato. Ela confirmou que tinha desentendimentos há mais de 20 anos com a vítima, mas garante que não cometeu  o crime.

A polícia não deu detalhes do que teria motivado o crime e sobre o que a mulher disse no interrogatório porque o caso segue sob investigação. 

"Elas tinham desentendimento e a investigada disse que chegou a ir para Brasília um tempo e quando voltou os desentendimentos continuaram", conta a delegada Luana Alves. Tanto a vítima, como a suspeita, já haviam registrados Boletins de Ocorrência por causas das constantes brigas, que, na maioria das vezes, eram motivadas por causa da construção de um muro e limpeza de esgoto. 

Foto:Roberta Aline/Cidadeverde.com

Ana Lopes foi assassinada com vários golpes de faca. A arma usada no crime foi escondida no esgoto.

 


Izabella Pimentel
[email protected] 

Imprimir