Cidadeverde.com
Destaques da TV/Rádio

Escolas e faculdades têm até o dia 17 para testagem de professores contra a Covid

Imprimir

Responsáveis por escolas e faculdades da rede privada em Teresina terão até o sábado (17) para testagem contra da Covid-19 em professores e auxiliares que vão retornar para a sala de aula na segunda-feira (19). O impasse sobre o retorno das aulas presenciais foi encerrado com um acordo em que ficou definido que alunos do 3º ano do Ensino Médio, Pré-Enem e 8º período de cursos do Ensino Superior voltam a assistir aulas presencialmente. 

O juiz Roberto Wanderley Braga, coordenador do Centro do Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania do Tribunal Regional do Trabalho, foi enfático ao declarar que "quem não cumprir, não pode abrir". 

"Foi uma solução muito colaborativa, participativa, não foi de uma só iniciativa, tivemos participação do MP, o sindicato dos professores e dos estabelecimentos de ensino foram muito receptivos, o diálogo foi muito prático. O prazo foi estabelecido por eles, foi acordado, foi razoável. Então até o dia 17 é um prazo para fazer as testagens e comprovar perante o sindicato, Ministério Público Estadual e do Trabalho, órgãos de vigilância sanitária e o acompanhamento da fiscalização. Quem não cumprir, não pode abrir o estabelecimento para as aulas presenciais e, no decorrer das aulas, se houver algum descumprimento também poderá ser fechado e só retorna se demonstrar o cumprimento das regras", explica o juiz. 

O magistrado explica que além dos professores que vão voltar para a sala de aula, os demais que frequentam o estabelecimento de ensino também deverão ser testados. 

"Há a primeira testagem para começar e, pelo protocolo de saúde, assim que aparecer algum sintoma, alguma dúvida sobre possível contaminação, é possível realizaro teste depois", ressalta o juiz Roberto Wanderley Braga.

 

Graciane Sousa
[email protected]

Imprimir