Cidadeverde.com
Política

Governador trata sobre Plano Mansueto com representantes do Tesouro Nacional

Imprimir

Foto: RobertaAline/CidadeVerde.com

O governador Wellington Dias participou, nessa terça-feira (27), de uma agenda com representantes do Tesouro Nacional para tratar sobre o Programa de Acompanhamento e Equilíbrio Fiscal, que ficou mais conhecido como Plano Mansueto.

De acordo com Wellington, a questão da economia do país e a recuperação fiscal de estados e municípios pós-pandemia é uma grande preocupação.

“Todos estamos preocupados com a pandemia do novo coronavírus, mas também com a economia. Esta também é uma preocupação do ministro Paulo Guedes e de toda sua equipe, por isso colocamos a importância de retornar um entendimento entre governos do Estados, Municípios, Ministério da Economia, Câmara Federal e Senado na perspectiva de prosseguirmos uma parte lá atrás do relatório do Plano Mansueto que pode permitir condições de crédito com uma lógica democrática, transparente, onde os Estados de um lado têm o compromisso com equilíbrio das suas contas e do outro têm compromisso com os investimentos”, destacou Dias.

Para o governador, “colocar a regra nos investimentos garante as condições não só de maior capacidade de investimentos e regras para cada município, Estados e União, mas também uma regra de operações de créditos internacionais, nacionais e alternativas de captação de recursos no momento em que o Brasil mais precisa para alavancar as condições de recursos para investir em obras paralisadas e naquilo que precisa”.

O chefe do Executivo piauiense e presidente do Consórcio dos Governadores do Nordeste destacou que a proposta foi bem recebida. “Vamos dialogar com o Congresso Nacional na perspectiva encontrarmos um bom resultado”, disse o gestor.

[email protected]

Imprimir