Cidadeverde.com
Esporte

Botafogo ganha opções no ataque para reverter placar na Copa do Brasil

Imprimir

O Botafogo começa a encontrar soluções para o seu time em meio ao momento mais delicado do ano, à beira do Z-4 no Campeonato Brasileiro e sob risco de queda na Copa do Brasil, pela qual enfrenta o Cuiabá às 19h desta terça-feira (3), em jogo de volta das oitavas de final.

Após perder Luiz Fernando para o Grêmio e vender o jovem Luis Henrique para o Olympique de Marselha (FRA), o Botafogo sofreu para reencontrar a dinâmica e a velocidade. No empate por 2 a 2 contra o Ceará no sábado (31), a boa nova ficou por conta das atuações de Warley, Kelvin e Lecaros -este último aparecia bem até precisar deixar o campo com uma lesão no tornozelo.

Pouco usado por Paulo Autuori e Bruno Lazaroni, Warley recebeu uma chance e retribuiu a confiança do interino Flávio Tenius. "Ele tem trabalhado forte. Fiquei muito satisfeito com ele, fez o que foi combinado taticamente, um bom jogo, teve até oportunidade de fazer gol", elogiou.

Já o recém-contratado Kelvin entrou no decorrer do jogo e trouxe problemas para a zaga do Ceará. Ele será outra arma necessária ao Botafogo no duelo com o Cuiabá na Arena Pantanal, já que o time alvinegro precisará reverter o 1 a 0 sofrido no jogo de ida e não terá Lecaros.

"Foi uma pena a contusão do Lecaros, mas não acho que ela tenha tido influenciado no resultado. O Kelvin entrou bem e buscou jogo. São todos jogadores que estão à disposição", disse Tenius, preparador de goleiros e, por ora, treinador do Botafogo.

Na capital de Mato Grosso, o time alvinegro precisará vencer por dois gols de diferença no tempo normal para avançar às quartas. Se ganhar por apenas um tento a mais, a decisão irá para os pênaltis. Já o Cuiabá se classificará com qualquer empate ou vitória.

LEO BURLÁ
RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS)

Imprimir