Cidadeverde.com
Esporte

Athletico-PR vira sobre o Fortaleza e vence a primeira desde setembro

Imprimir

Vivendo situações diferentes no Campeonato Brasileiro da Série A, Athletico-PR e Fortaleza se enfrentaram neste sábado (7) na Arena da Baixada, pela 20ª rodada. Após sair atrás, os donos da casa conseguiram virar por 2 a 1, para quebrar um jejum de 11 jogos sem vencer nesta temporada.

Com o resultado, o Furacão ainda não sai da zona de rebaixamento, mas alcança os 19 pontos e ganha novo fôlego para a sequência da competição. Já o Leão chega a duas derrotas consecutivas e estaciona na décima posição, com 24 pontos.

Na próxima rodada, o Athletico cai na estrada para enfrentar o Goiás, último colocado do Brasileirão. Já o Fortaleza encara em casa o São Paulo, num reencontro com o time que o eliminou nas oitavas de final da Copa do Brasil.

JOGO

O jogo começou intenso já nos minutos iniciais. Isso porque o goleiro Santos vacilou feio na saída de bola e entregou a bola para Bergson, que driblou o arqueiro e chutou fraco, com a bola sendo desviada praticamente em cima da linha pelo zagueiro Pedro Henrique.

Aos 15 minutos, foi a vez do zagueiro Gabriel Dias tentar o gol da equipe visitante, porém a cabeçada passou por cima da meta do goleiro adversário. Um minuto depois, novamente Bergson teve a oportunidade e o chute cruzado ficou perto de entrar, sendo mais uma grande chance do Fortaleza na partida.

A pressão continuou e o time comandado por Rogério Ceni finalmente abriu o placar, justamente com o camisa 29 do Leão, que anteriormente tinha perdido duas chances. O gol saiu após belo passe de David, que deixou o atacante na cara do gol defendido por Santos.

O segundo tempo começou com o Athletico partindo para cima e tentando empatar o jogo na base da entrega, tanto que em poucos minutos fez mais do que em todo a primeira etapa.

Aos 10 minutos, o jogo mudou de vez, pois o Fortaleza teve um gol anulado de maneira milimétrica pelo VAR que deu mais força para os donos da casa empatarem aos 16 minutos com Carlos Eduardo.

Após o empate, o Furacão se manteve intenso e ficou muito perto de virar, acertando a trave do goleiro Felipe Alves e arrematando com perigo dentro da área. Já o Fortaleza, se preocupava mais em sustentar o placar e evitar uma nova derrota.

Nos acréscimos, Renato Kayzer conseguiu se sobressair da marcação e marcar o segundo gol do time e garantir a vitória depois de mais de um mês de jejum.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir