Cidadeverde.com
Esporte

Grêmio bate Ceará com 1º gol de Churín e chega a sete vitórias seguidas

Imprimir

O Grêmio dominou o Ceará e fez 4 a 2 em jogo válido pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. A atuação gremista decidiu a partida ainda no primeiro tempo, com pressão e meio-campo liderado por Jean Pyerre.

Foto: Lucas Uebel | Grêmio FBPA

Na etapa final, ainda teve espaço para Diego Churín marcar o primeiro gol desde que chegou a Porto Alegre. Jean Pyerre, Pepê e Diego Souza também marcaram para o Grêmio. Kelvyn descontou para o Ceará quando ainda estava 2 a 0. E nos acréscimos, Tiago P. cabeceou para fechar o escore.

O resultado faz o Grêmio chegar a 33 pontos em 20 jogos - a partida atrasada com o Goiás, válida pela sexta rodada, acontece dia 30.

O Ceará, por outro lado, continua com 24 pontos.

A equipe gremista chega a sete vitórias consecutivas, somando também a Copa do Brasil: Athletico-PR, Juventude (duas vezes), Red Bull Bragantino, Juventude, Fluminense, Cuiabá e agora Ceará.

Na próxima rodada, o Grêmio visita o Corinthians e o Ceará recebe o Atlético-MG. Antes, porém, tem Copa do Brasil. O time de Renato duela com o Cuiabá em Porto Alegre podendo até empatar para ir à semifinal. A equipe de Guto Ferreira joga com o Palmeiras, em Fortaleza, depois de levar 3 a 0 em São Paulo.

QUEM FOI BEM: JEAN PYERRE

Meia-atacante de novo distribuiu passes, ajudou a dar profundidade ao time e mais técnica ao setor ofensivo. Além do gol de falta, foi participativo em quase todas as chances.

QUEM DECEPCIONOU: PRASS E ZAGA

O Grêmio pressionou, mas a defesa do Ceará não foi bem. Fernando Prass, Samuel Xavier, Tiago P., e Bruno Pacheco foram envolvidos facilmente e perderam diversas duelos.

PAULO MIRANDA SENTE LESÃO

Renato Gaúcho bem que planejou preservar zagueiros (Geromel e David Braz), mas não conseguiu segurar os dois. Com 10 minutos, Paulo Miranda sentiu problema muscular e precisou ser substituído. Por... David Braz.

CHURÍN FAZ GOL COM 10 SEGUNDOS EM CAMPO

O argentino entrou no lugar de Diego Souza aos 24 minutos do segundo tempo. Com míseros 10 segundos em campo, Churín subiu sozinho e cabeceou para o chão. À queima roupa de Prass.

GRÊMIO SUFOCA O CEARÁ

A escalação com meio-campo leve fez o Grêmio jogar dentro do Ceará desde o início. O gol de falta de Jean Pyerre injetou ainda mais confiança ao time da casa, que tirou espaços e chegou a ter 70% de posse de bola e finalizou 10 vezes ao gol. Outras duas conclusões entraram - com Pepê e Diego Souza.

CEARÁ CONTA COM O ACASO

O time de Guto Ferreira não conseguiu sair da pressão gremista. Só chegou perto de Vanderlei em lances muito pontuais. E o gol de Kelvyn teve grande dose de acaso: a bola desviou no meio do caminho e liquidou o goleiro do Grêmio.

JEREMIAS WERNEK
SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) 

Imprimir