Cidadeverde.com
Política

Marcelo Castro diz que Dr. Pessoa será eleito e faz projeção para 2022

Imprimir

O presidente do diretório estadual do MDB, senador Marcelo Castro, defende que o “povo já decidiu: Dr. Pessoa é o prefeito de Teresina”.  Em entrevista ao Jornal do Piauí, o senador também fez uma projeção para as eleições em 2022 e ressalta a expressiva votação do MDB no Piauí. 

Marcelo Castro comenta que alguns institutos de pesquisa de intenção de voto apontaram empate técnico entre Dr. Pessoa (MDB) e Kleber Montezuma (PSDB).  Castro relata que Dr. Pessoa fará uma gestão transformadora. 

“Teresina é uma das capitais em que mais a população quer mudança. 64% da população quer mudança. Dr. Pessoa representa exatamente isso: mudança, renovação, esperança, amor, cuidar de gente. É isso que ele fez a vida toda, que sabe fazer e vai fazer à frente da Prefeitura”. 

O senador também avaliou o cenário da oposição que não foi para o segundo turno. “Todos os candidatos que não ganharam, que não foram para o 2º turno, em tese, em teoria, são oposição a Prefeitura e vão se somar a quem? Se dr. Pessoa já ganhou com quase 10% dos votos do Kleber Montezuma, bota Fabio Novo, Fábio Abreu, Gessy. Todo esse eleitorado é da oposição. A tendência é votar no Dr. Pessoa porque são eleitores da oposição, candidatos da oposição”. 

Votação

Nessas Eleições Municipais, o MDB foi um dos partidos que mais elegeu prefeitos no Piauí. Além disso, o partido deve um bom desempenho nominal nas votações para prefeitos e vereadores, que foram os votos dados aos candidatos do partido. “MDB se saiu muito bem, tanto a nível nacional quanto ao nível de estado do Piauí”, diz Castro. 

“Nós continuamos sendo o maior partido com número de prefeitos no Brasil. No Piauí, nós tivemos um desempenho extraordinário. Por exemplo, o Progressista teve 429 mil votos; o MDB teve 388 mil votos. Isso se chama empate técnico”. O PSD teve 263 mil votos. 

O senador ressalta que se for comparar a quantidade de votos entre governo e oposição, “o governo deu um ‘banho’ na oposição. Nós tivemos praticamente o dobro de votos que a oposição teve”. 

Eleição 2022

Questionado sobre uma chapa MDB, PT e PSD para as Eleições em 2022, o senador Marcelo Castro acredita que esse será o caminho. Castro falou um pouco dessa projeção partidária. 

“Eu acho que sim. São vários partidos que fazem parte do governo. Nós temos no Piauí mais de 20 partidos. Temos três bem fortes na oposição raiz, outros também fazem oposição. Mais de 15 partidos estão na base do governo, os três maiores são o MDB, o PSD e o PT. Então, eu acredito que como são três vagas para a próxima eleição, para governador, vice (governador) e senador, o mais normal é de que fosse um de cada um. Seria uma situação normal, não estou dizendo que será assim”. 
 

Carlienne Carpaso
[email protected] 

Imprimir