Cidadeverde.com
Geral

Novo reitor constata espera de até 4 horas no HU e promete humanizar atendimento

Imprimir

Foto: Ascom Ufpi

O novo reitor da Universidade Federal do Piauí (UFPI), Gildásio Guedes, prometeu atendimento humanizado no Hospital Universitário (HU). Em visita à unidade de saúde, ele conta que constatou pacientes que aguardavam até 4 horas em uma fila para ser atendido. 

"Quero o HU como um hospital de referência. Assim como a UFPI é a referência principal em ensino, o HU será a referência maior em saúde. A Universidade deve ter a preocupação de romper os muros, de estar sempre atuando na qualificação e transformação da sociedade. Esse papel também cabe ao Hospital Universitário”, disse o novo reitor acompanhado de assessores e do cardiologista Paulo Márcio, que vai ocupar a superintendência da unidade de saúde.

O HU é gerenciado pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) que faz a administração de 40 unidades ligadas às universidades. 

Foto: Ascom Ufpi

Áreas degradadas

Gildásio Guedes também apontou  problemas  relacionados à estrutura do campus da UFPI em Teresina. 

"No primeiro momento, era a falta de limpeza, situação já sanada com a exigência de ação pelas empresas terceirizadas. Mas outras situações são mais graves, com degradação da estrutura da Federal. A Residência Universitária está com sérios problemas, assim como o Setor de Esportes, onde a “gaiola” para lançamentos de peso sequer pode ter as telas alçadas. Também lá a piscina precisa de manutenção e a caixa d´água só pode utilizar 30% da capacidade, para evitar riscos", apontou o reitor. 

 

Graciane Sousa
[email protected]

Imprimir