Cidadeverde.com
Esporte

Abel Braga evita cravar permanência ou não no Inter, que sonda Ramírez

Imprimir

Abel Braga não disse se permanece ou não no Internacional até o fim da atual temporada. Na entrevista coletiva que sucedeu a vitória sobre o Bahia neste domingo (27), por 2 a 1, o treinador contou que conversou com o presidente eleito, Alessandro Barcellos, e pediu tempo para tomar sua decisão.

"Falei com o presidente ontem, foi um papo legal. Vamos ver amanhã, depois de amanhã, daqui a pouco... Agora vamos pensar no grande resultado que tivemos", falou o treinador.

"Conversamos por aproximadamente meia hora. Eles expuseram o que pensam, eu expus meu ponto de vista. Ele (presidente) sabe o que eu penso. Faltou definir. Pedi a ele que as coisas fossem definidas depois do jogo", falou.

Em momento algum Abel pareceu descontente, porém deixou claro o que pensa. O treinador disse que tinha planos para comandar o Inter não apenas até o fim da temporada, mas durante o ano que vem inteiro, e descartou participar de um processo de transição com Miguel Ángel Ramírez contratado.

Porém, a direção que assume o clube em janeiro do ano que vem precisa assinar logo com o espanhol, sob pena de perder a oportunidade de finalizar a contratação. Ramírez está em seu país e depende de um aviso para chegar ao Brasil e cumprir o acordado verbalmente com a nova gestão do Inter.

Nesta segunda-feira (28), o presidente Marcelo Medeiros concederá uma entrevista coletiva fazendo um balanço de seu mandato. Pode ser que Abel já tenha, então, uma definição sobre o futuro.

"O que falta é ficar resolvido, se saio ou continuo. Vou definir isso com presidente eleito, ainda não está definido. O que eu sinto de mais importante é que estou no Inter. 

Tenho o (atual) presidente, que tenho um carinho e uma amizade enormes, voltei a trabalhar com Rodrigo (Caetano), e tenho uma amizade muito boa com Alexandre (Chaves Barcellos, vice-presidente colorado). Se amanhã eu continuar, mais feliz me sentirei. Se não continuar, seguirei torcendo para o Inter da mesma maneira", finalizou.

O clube colorado soma 47 pontos e é quarto colocado no Brasileiro. Com Abel no comando foram sete jogos, com cinco vitórias e duas derrotas, aproveitamento próximo a 72%. Isso não considerando os jogos em que ele ficou alijado de estar presente em razão da Covid-19.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir