Cidadeverde.com
Esporte

Em clássico contra o Santos, São Paulo tenta evitar sequência ruim do 1º turno

Imprimir

Após ser superado por 4 a 2 pelo Red Bull Bragantino, o São Paulo recebe neste domingo (10) o Santos, no Morumbi, às 16h, com transmissão da Globo, em clássico válido pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O confronto com um rival concentrado na disputada da Copa Libertadores dá à equipe de Fernando Diniz, líder do Brasileiro com 56 pontos (seis de diferença para o vice-líder Internacional), a chance de se recuperar depois da derrota sofrida na última quarta (6).

O revés na cidade de Braçança Paulista ligou o alerta nos são-paulinos, que não querem repetir a sequência ruim que tiveram contra os mesmos adversários no primeiro turno do Nacional.

Depois de empatar em 2 a 2 com o Red Bull Bragantino, no Morumbi, em jogo que o time do interior desperdiçou dois pênaltis, o São Paulo emendou outros três empates: Santos (2 a 2), Internacional (1 a 1) e Coritiba (1 a 1).

No clássico com os santistas, na Vila Belmiro, os comandados de Diniz chegaram a ficar na frente do placar em duas oportunidades, ambas com Gabriel Sara, mas Marinho decretou de falta o placar final, em falha de Tiago Volpi depois de o goleiro tricolor pedir que seus companheiros não formassem barreira –Madson marcou o primeiro gol alvinegro.

Ainda em meio a essa sequência negativa do primeiro turno, o clube foi derrotado pela LDU (EQU), em Quito, por 4 a 2, e depois pelo River Plate (ARG), na Argentina, por 2 a 1, resultado que eliminou a equipe tricolor da Copa Libertadores.

Eliminado também da Copa do Brasil, o São Paulo tem somente a disputa do Nacional pela frente.

Já o Santos está com a cabeça no jogo de volta do torneio continental, contra o Boca Juniors (ARG), e poderá poupar jogadores para o clássico –o duelo de ida com o Boca, na Bombonera, terminou 0 a 0.

Independentemente da estratégia para o duelo com o São Paulo, o técnico Cuca tem dois desfalques confirmados para a partida no Morumbi.

O goleiro John, titular na Argentina, e o zagueiro Wagner Leonardo foram acometidos pela Covid-19, de acordo com testes feitos pela equipe após o confronto. Com isso, são ausências certas no compromisso pelo Campeonato Brasileiro e também no jogo de volta da Libertadores.

Após o empate com os argentinos, Cuca também mostrou preocupação com a situação física de Marinho e Soteldo, que não puderam participar de todos os treinos antes do duelo com o Boca e terminaram a partida na Argentina ainda mais desgastados.

Depois do clássico, o Santos volta as todas as suas atenções ao confronto válido pela semifinal continental. O time alvinegro recebe o xeneize na quarta-feira (13), às 19h15, na Vila Belmiro.

Fonte: Folhapress

Imprimir