Cidadeverde.com
Política

Coronel Nixon fará diagnóstico da Guarda Municipal e análise para concurso público

Imprimir

O novo comandante da Guarda Municipal de Teresina, coronel Nixon Frota, afirma que possui a “missão” de fazer um diagnóstico sobre o que é a Guarda Civil Municipal de Teresina para que ela possa ocupar um papel de protagonista na segurança da cidade. O levantamento também permitirá o possível aumento do efetivo com realização de concurso público. 

Atualmente, a Guarda Municipal possui o efetivo de 385 agentes. Questionado se o total é suficiente para atender a demanda da cidade, Nixon Frota respondeu que o levantamento fará essa análise, identificando a atuação da Guarda Municipal por regiões de Teresina para saber quais possuem mais ou menos demanda.  

“Nós não vamos distribuir indiscriminadamente. A partir (do diagnóstico), nós vamos ter uma percepção real do efetivo ideal e desejado dentro da nossa realidade. Dr. Pessoa pensa em aumentar o efetivo, mas dentro da nossa realidade financeira”.


Concurso 

Sobre a realização de concurso público para aumentar o efetivo, o comandante declarou que o prefeito de Teresina pediu transparência, mas gastar dentro do permitido financeiramente.

“É um desejo dele de aumentar o efetivo. Acredito que nós vamos aumentar. Em breve podemos ter algumas previsões. Ter um efetivo que possa crescer com qualidade. Não adianta a gente fazer um concurso enorme, com muita gente, sem ter condições de capacitar esses profissionais de forma adequada”.  


Foto: Roberta Aline

Atuação 

O coronel falou sobre a criação da Secretaria Municipal de Segurança, que foi uma das propostas de campanha do prefeito Dr. Pessoa. Essa secretaria está em estudo. Ele deverá assumir a pasta, quando criada. 

O coronel Nixon ressalta que a segurança permeia todos os setores da cidade, desde o percurso da casa para o trabalho como nos locais de lazer e de estudo.

“Dr. Pessoa percebeu que não pode ficar isento e simplesmente dizer que isso é responsabilidade do Estado. A Polícia Militar e o Estado do Piauí têm as suas responsabilidades, mas nós vamos colaborar”.

Coronel Nixon acrescenta que a Guarda Municipal vai trabalhar com a prevenção do crime. “A Polícia Militar é uma força ostensiva, atua quando o crime está prestes a acontecer ou é acionada.
A Guarda Municipal vai trabalhar mais próximo da comunidade, vai buscar junto à comunidade conhecer a realidade, procurando evitar o problema”. 


Carlienne Carpaso
[email protected] 

Imprimir