Cidadeverde.com
Esporte

Seis clubes nordestinos permanecem na Série B do Brasileiro

Imprimir

O título de campeão brasileiro da Série B ficou com a Chapecoense com um gol de Anselmo Ramon aos 51 minutos do segundo tempo na vitória de 3 x 1 sobre o Confiança.

Foto - Renato Padilha - CBF

O gol que decidiu o título foi marcado de pênalti e gerou muitas reclamações contra a arbitragem. O América Mineiro ficou com o vice. Os dois times terminaram empatados com 73 pontos e a conquista da equipe catarinense foi definida no saldo de gols.

Os jogos da rodada final tiveram os seguintes resultados: Sampaio 1 x 0 Oeste, CRB 4 x 1 Cuiabá,  Botafogo-SP 0 x 1 Operário-PR, Brasil 0 x 1 Vitória da Bahia, Náutico 1 x 1 CSA,  América Mineiro 2 x 1 Avaí, Paraná 0 x 0 Cruzeiro, Guarani 0 x 1 Juventude, Figueirense 2 x 7 Ponte Preta e Chapecoense 3 x 1 Confiança.

Com a vitória sobre o Guarani em Campinas por 1 x 0, o Juventude de Caxias do Sul ficou em terceiro lugar, vencendo a disputa da vaga com o CSA de Alagoas.

CLASSIFICADOS PARA A SÉRIE A

1º) Chapecoense com 73 pontos

2º) América Mineiro também com 73 pontos

3º) Juventude de Caxias do Sul com 61 pontos

4º) Cuiabá de Mato Grosso com 61 pontos

REBAIXADOS PARA A SÉRIE C

Figueirense de Florianópolis com 39 pontos; Paraná – 37 pontos; Botafogo de Ribeirão Preto – 34 pontos e o Oeste de São Paulo  com 29 pontos.

BLOCO INTERMEDIÁRIO

Fora das faixas de acesso e rebaixamento ficaram:

CSA de Alagoas com 58 pontos, Sampaio Corrêa – 57, Ponte Preta – 57, Avaí – 57, CRB – 52, Cruzeiro – 49; Brasil de Pelotas – 49, Guarani de Campinas – 48, Vitória da Bahia – 48, Confiança – 46 e Náutico com 46 pontos.

NORDESTINOS PERMANECEM

Os 6 clubes representantes do Nordeste permanecem na Série B. Nenhum conseguiu acesso, mas também não houve rebaixamento: CSA de Alagoas, Sampaio Corrêa do Maranhão, CRB de Alagoas, Vitória da Bahia, Confiança de Sergipe e Náutico de Pernambuco.

E nenhum nordestino conseguiu subir da Série C para a Série B.

Dídimo de Castro
[email protected]

Imprimir