Cidadeverde.com
Geral

Mais de 1.300 candidatos no Piauí farão provas no primeiro Enem Digital

Imprimir

Foto: divulgação UFPI

A Universidade Federal do Piauí (UFPI) é um dos locais de provas. No campus de Teresina foram disponibilizados 300 computadores em 17 salas para  144 candidatos

A primeira edição digital do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) acontece neste domingo (31). No Piauí, 1.392 inscritos farão provas em Teresina e Parnaíba. Mesmo na versão digital, os candidatos terão que comparecer presencialmente no locais de aplicação de provas que podem ser conferidos através do cartão de confirmação  de inscrição. Cada candidato terá acesso a uma chave de acesso que será disponibilizada momentos antes do exame. 

No primeiro dia, os candidatos farão as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, assim como de ciências humanas e suas tecnologias, além da redação. Quanto à prova de língua estrangeira, o participante deverá responder somente às questões referentes ao idioma que escolheu (inglês ou espanhol) na inscrição.

A aplicação terá cinco horas e meia de duração. Os portões abrem ao meio-dia e fecham pontualmente às 13h, com início dos testes às 13h30 e término do tempo às 19h.

REDAÇÃO

A redação deverá ser feita como no exame em papel e ser escrita à mão.  Os participantes devem usar apenas caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente. 


MEDIDAS PREVENTIVAS

Os protocolos de prevenção contra a Covid-19 estabelecidos para o Enem 2020 foram definidos, em conjunto, entre o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e as empresas contratadas para a aplicação do exame, com base nas principais diretrizes do Ministério da Saúde e de outros órgãos e entidades de referência. 

Entre as medidas implementadas estão a disponibilização de álcool em gel nas salas e a obrigatoriedade do uso de proteção facial durante a prova. 

O participante poderá levar mais de uma máscara para troca ao longo do dia. As máscaras serão verificadas pelos fiscais para evitar infrações. O participante que não utilizar a máscara cobrindo totalmente o nariz e a boca, desde a entrada até a saída do local de provas, ou recusar-se, injustificadamente, a respeitar os protocolos de prevenção contra o coronavírus, a qualquer momento, será eliminado do exame, exceto em casos previstos na Lei n.º 14.019, de 2020. 

 

Graciane Sousa
[email protected]

Imprimir