Cidadeverde.com
Política

Dr. Pessoa é nosso e ninguém tasca, diz Marcelo Castro sobre saída do MDB

Imprimir

O senador Marcelo Castro deu um "chega pra lá" nas especulações de que o prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, pode deixar o MDB. O gestor tem recebido convites pra trocar de sigla, dentre eles do próprio presidente Jair Bolsonaro.

"Essas pessoas que hoje estão atrás de Dr. Pessoa deviam ter valorizado o Dr. Pessoa, deveriam ter ido atrás de Dr. Pessoa dois anos atrás quando se estava montando a chapa para prefeito de Teresina”, disse o senador Marcelo Castro em entrevista à TV Cidade Verde.

“Todos só queriam saber do Palácio da Cidade, que dominava Teresina há 30 anos. Eles apostavam na continuidade do PSDB. Agora, depois que do Dr. Pessoa aceitou o convite do MDB e foi eleito, estão se lembrando dele”.

Se depender do MDB, segundo Castro, o partido vai trabalhar pra fortalecer a gestão municipal. “Dr. Pessoa é nosso e ninguém tasca. Eu vi primeiro. Quem se lembrou dele primeiro fomos nós. Agora vamos fazer todo um trabalho para fortalecer Dr. Pessoa e ele fazer uma boa gestão”, declarou.

Sobre as discussões para 2022, o senador garante que o prefeito não ficará de fora. “Dr. Pessoa vai ser a primeira pessoa a ser ouvida para decidir os candidatos a governador, senador e vice-governador na próxima eleição. Nunca houve uma eleição para governador do Piauí que o prefeito da capital não participasse”, finalizou.

Hérlon Moraes
[email protected]

Imprimir