Cidadeverde.com
Esporte

Na despedida de Sampaoli, Atlético-MG vence Palmeiras e garante o terceiro lugar

Imprimir

O Atlético-MG venceu o Palmeiras, por 2 a 0, nesta quinta-feira, pela 38ª e última rodada do Campeonato Brasileiro. Foi a despedida do técnico argentino Jorge Sampaoli da equipe mineira, que garantiu a terceira colocação na competição, com 68 pontos. 

Foto - Pedro Souza - Atlético - MG

Já o Palmeiras, com a cabeça na decisão da Copa do Brasil, ficou com 58, em sétimo lugar.

Os times entraram no gramado com pretensões diferentes. Enquanto o Atlético-MG ebtrou com sua força máxima, mas não tinha Sampaoli no banco (suspenso), o Palmeiras tinha uma equipe reserva em campo, que tentava mostrar serviço em busca de uma vaga na relação da equipe que vai disputar a final da Copa do Brasil, a partir de domingo com o Grêmio.

Durante os primeiros 45 minutos os jogadores não mostraram grande motivação para atingir seus objetivos. Apesar das inúmeras trocas de passes, poucas foram as finalizações, o que tornou a disputa monótona.

Do lado do Palmeiras, duas oportunidades. Aos quatro minutos, Lucas Lima foi derrubado na entrada da área pelo goleiro Everson O Atlético só devolveu aos 28, quando o veterano Diego Tardelli travou uma saída de bola do goleiro Vinícius e quase abriu o placar.

Os últimos momentos da primeira etapa reservaram ótimos momentos Um para cada equipe. Aos 41 anos, Wesley chutou forte, Everson fez bela defesa e ainda teve a ajuda da trave esquerda. Aos 42, Tardelli foi lançado e bateu bonito para grande defesa de Vinícius.

O Atlético-MG voltou para a etapa final com Keno e Hyoran. E a dupla conseguiu boa jogada logo aos cinco minutos, mas Hyoran errou a cabeçada. A partir daí, só deu a equipe mineira em campo, que só não conseguiu vários gols por causa da bela atuação de Vinícius, autor de pelo menos três belas defesas.

O técnico Abel Ferreira chegou a colocar os atacantes Gabriel Verón e Marcelinho, mas não conseguiu dar agressividade para o Palmeiras.

Aos 33, depois de tanto tentar o Atlético-MG conseguiu o gol e a justiça no placar. Keno fez a jogada pela esquerda e cruzou na cabeça de Jair. Desta vez, o goleiro palmeirense não teve sucesso. Aos 43, nova assistência de Keno e gol de Sasha.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir