Cidadeverde.com
Últimas

Operação de combate à violência contra mulheres prende 14 suspeitos no PI

Imprimir



Uma operação nacional cumpriu 14 mandados de prisão envolvendo crimes contra a mulher no Piauí, nesta segunda-feira (08), data em que se comemora o Dia Internacional da Mulher. A diretora do Departamento Estadual de Proteção à Mulher da Polícia Civil, delegada Bruna Verena, comenta que os mandados são de tentativas de feminicídio e de estupros, dentre outros crimes. Até o momento, 14 suspeitos de praticar os crimes foram presos no estado. 

“Nós temos hoje contabilizado 14 mandados de prisão. Esses mandados foram cumpridos em Teresina e no interior. São mandados de prisão para coibir à violência contra a mulher. São agressores que praticam violência contra a mulher”, diz a delegada. 

A Operação Resgardo aconteceu em todo o país, sob coordenação do Ministério da Justiça e Segurança Pública.  

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Piauí, “a operação integrada teve início no dia 1º de janeiro de 2021 em todo o Brasil. Desde então, a Polícia Civil do Piauí já recebeu mais de 1.167 denúncias, que culminaram com a conclusão de 268 inquéritos policiais e o atendimento de mais de 1.170 mulheres vítimas de violência”. 

“Desde o início do ano, nós estamos trabalhando nela até chegar a estes resultados que foram relevantes. Foram mais de 1 mil mulheres atendidas pela Polícia Civil do Piauí. As denúncias mais comuns que chegam até a delegacia são de violência física, de ameaças e de injúrias”. 

A delegada ressalta que a operação deixa um “recado bem claro: não será tolerado a violência contra a mulher. Toda essa operação e as outras que a gente vem desenvolvendo é para que esses agressores não saiam impunes”. 

Bruna Verena ressalta que a violência doméstica ocorre dentro do ambiente familiar. “É uma violência que a gente precisa ter muita atenção e que precisa ser coibida com bastante força. Eu sempre falo que a família é a base da sociedade. A violência doméstica acontece dentro da família. Se família ruir, toda a sociedade vai perecer”. 

Denuncie 

As denuncias podem ocorrer de forma presencial nas delegacias especializadas de atendimento à mulher ou por meio do boletim de ocorrência eletrônico que está disponível no site da Polícia Civil do Piauí.

Veja lista, telefones e endereços das delegacias especializadas aqui.

Carlienne Carpaso
[email protected] 

Imprimir