Cidadeverde.com
Esporte

Flamengo vence Volta Redonda e conquista 23º título da Taça Guanabara

Imprimir

O Flamengo se sagrou campeão da Taça Guanabara, na noite deste sábado, ao vencer o Volta Redonda por 2 a 1, na última rodada da primeira fase do Campeonato Carioca.

Foto - Alexandre Vidal - Flamengo

No duelo entre os dois melhores times da primeira fase do Estadual, o Maracanã foi palco de um jogo truncado, erros bobos de passe e pouca criação de jogadas.

No entanto, em um domínio total do ataque do Flamengo, o time de Rogério Ceni soube persistir em seus jogadores-chave, com destaque para Vitinho, o grande nome da partida e o autor do gol que trouxe o 23º título da Taça Guanabara para o Flamengo, o maior detentor de canecos do torneio.

Com o resultado, o rubro-negro garantiu vantagem nas semifinais do Estadual.

Com a posse de bola dominante durante grande parte do primeiro tempo, o Flamengo trabalhou muito no ataque, mas sem envolver o Volta Redonda, que se fechou bem e apostou nos contra-ataques pelas laterais.

O cerco na área de defesa do Volta Redonda era frequente, mas as falhas nos passes não deram o ritmo necessário para o Flamengo se impor como queria.

A abertura no placar só viria aos 45 minutos nos pés do meio-campista Michael, que recebeu bom passe pela esquerda na área e, num chute cruzado, finalizou na saída de Andrey. O goleiro do Volta Redonda chegou a resvalar, mas não o suficiente para conter o primeiro gol da partida.

Com poucas chances na partida, o Volta Redonda conseguiu o empate em uma bola parada. Na cobrança de escanteio, em confusão na grande área, a bola acabou sobrando no pé do volante Bruno Barra, que finalizou e deixou o seu no último minuto do primeiro tempo.

O empate, até então, não refletia o absoluto domínio do Flamengo na partida. No entanto, as investidas do ataque da equipe comandada pelo técnico Rogério Ceni surtiriam um pouco mais de efeito no segundo tempo, mas nada que enchesse os olhos, considerando todo o potencial da partida.

Logo no começo da etapa final e decisiva, Gabriel recebeu passe inteligente de Vitinho, pelo lado esquerdo, na entrada da área. O artilheiro avançou e, em um chute à queima roupa, Andrey espalmou para escanteio em uma grande defesa.

Mas foi aos 17 minutos que viria o gol do título do Flamengo. Vitinho recebeu passe de costas para o gol, na entrada da área, fez um pivô dando um toque de efeito na bola, virou-se para a meta e soltou um chute forte, com muita precisão.

Tentando buscar o empate a qualquer custo, o Volta Redonda até tentou pressionar o Flamengo nos minutos finais, mas a boa marcação rubro-negra segurou bem o resultado, garantindo o 23º título da Taça Guanabara.

Por Leonardo Pinto, especial para a AE
Estadão Conteúdo

Imprimir