Cidadeverde.com
Economia

Loja é autuada por gerar aglomeração durante evento de inauguração

Imprimir

A Vigilância Sanitária do Piauí (DIVISA) autuou uma loja pertencente a uma grande rede varejista que inaugurou na noite desta segunda-feira (27), em Teresina. O evento, restrito para funcionários e autoridades, gerou aglomeração. O prefeito de Teresina, Dr. Pessoa, estava no local e participou da comemoração. Vídeos circularam nas redes sociais.

Em nota, a Vigilância Sanitária do Piauí disse que recebeu diversas denúncias e vídeos nos canais de comunicação do órgão, referentes à grande aglomeração de pessoas ocorrida na inauguração da loja.

"A DIVISA enviou de imediato uma equipe de fiscais, que lavrou auto de Infração Sanitária contra a empresa, pelo descumprimento de Lei Federal Nº 6.437/1977, Lei Estadual Nº 6.174/2012 e Portaria SESAPI/GAB/DIVISA Nº 341/2020", informou a Divisa.

Ainda de acordo com a Divisa, o evento configurou infração sanitária em total desrespeito às recomendações higienicossanitárias vigentes durante a Pandemia do Coronavírus.

"A DIVISA informa ainda que após a autuação, será aberto processo administrativo sanitário, dando à autuada o direito de exercer o contraditório e a ampla defesa", informa.

No Piauí, as aglomerações estão proibidas por meio do Decreto Estadual, como medida preventiva de enfrentamento a disseminação da COVID-19.

Em nota, a Prefeitura de Teresina disse que o evento seguiu os protocolos de segurança. 

Em relação as imagens veiculadas, a prefeitura de Teresina informa que o prefeito foi ao local a convite da direção da empresa prestigiar um empreendimento que gera mais de 180 empregos na cidade e contou com apoio do poder público para sua instalação na capital.

A prefeitura esclarece ainda que o evento foi restrito a convidados e aos colaboradores da loja e seguiu protocolos como medição da temperatura de todos os presentes, uso de álcool gel e todos usavam máscaras.

Hérlon Moraes
[email protected]

Imprimir