Cidadeverde.com
Esporte

Paquetá vibra com as oportunidades dadas por Tite e sonha em se manter na seleção

Imprimir

Se existe um jogador que está aproveitando a disputa da Copa América, ele é Lucas Paquetá. Campeão em 2019, sem ter muitas oportunidades, o meia está entusiasmado com a sua participação na edição atual e a possibilidade de obter um espaço no elenco do técnico Tite.

Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

"Não só eu, como todos os jogadores estão na briga, na busca por seu espaço na seleção. Estar sendo mais utilizado na Copa América faz parte de um processo.

Na primeira, eu vim, treinei, peguei mais experiência, tudo isso faz parte de um aprendizado, para você buscar dar o seu melhor", disse Paquetá, nesta sexta-feira, em entrevista coletiva.

O atleta foi utilizado por Tite em quatro dos últimos cinco jogos de duas formas diferentes no meio de campo. Tanto pelo meio como pela extrema. A função não importa, o que o canhoto quer é uma vaga no grupo. 

"O Tite não pede nada do que a gente já não faça no nosso clube. Volante, até mesmo aberto pela direita, são coisas que eu já fiz, pelo Flamengo, pelo Milan, ele sabe das nossas características e quer tirar o nosso melhor com isso. Me sinto muito à vontade, espero continuar fazendo meu melhor."

A campanha 100% da seleção na Copa América e a garantia de estar nas quartas de final não diminuem, segundo Paquetá, a concentração do time para o duelo de domingo contra o Equador. "A gente sabe que vai ser um jogo muito difícil. 

Eles precisam vencer e a gente quer vencer. Temos que colocar nosso objetivo acima do deles, queremos terminar bem, a gente vem treinando bastante, colocando em prática tudo que o professor vem pedindo para que a gente possa fazer o melhor."

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir