Cidadeverde.com
Esporte

Dinamarca vence a República Tcheca e vai às semifinais da Eurocopa

Imprimir

Na tarde deste sábado (3), a Dinamarca venceu a República Tcheca por 2 a 1, pelas quartas de final da Eurocopa, em Baku, no Azerbaijão. Com esse resultado, a Dinamarca garantiu sua vaga na semifinal do Campeonato Europeu.

Os gols da partida foram marcados por Delaney e Dolberg, para os dinamarqueses, e Patrik Schick, para os tchecos.

Agora, a seleção dinamarquesa espera o resultado da partida entre Inglaterra e Ucrânia - que acontece hoje, às 16h (de Brasília) - para saber quem irá enfrentar na semifinal da Euro.

A outra semifinal da competição será entre Itália e Espanha na próxima terça-feira, 09, às 16h (de Brasília).

Sem dar tempo para a República Tcheca se ambientalizar no jogo, logo aos quatro minutos a Dinamarca abriu o placar. Depois da cobrança de escanteio, Delaney cabeceou, praticamente da marca do pênalti, livre de marcação, para balançar a rede.

Após o gol, a seleção dinamarquesa subiu suas linhas e pressionou bastante, não dando espaços para os tchecos.

O aniversariante do dia, Damsgaard, teve a bola para ampliar a vantagem, mas desperdiçou. O atacante dinamarquês tocou na saída do goleiro, mas Coufal tirou em cima da linha.

Aos 41, Maehle fez um ótimo cruzamento, de trivela, a bola foi para a pequena área, e Dolberg só completou para aumentar o marcador.

A segunda etapa da partida começou com a República Tcheca indo para o 'tudo ou nada'. Na volta do intervalo, o treinador tcheco colocou o Jankto e Krmencík que são dois jogadores ofensivos.

Logo nos primeiros segundos, Schmeichel fez duas boas defesas. Aos três minutos, o artilheiro tcheco diminuiu a vantagem dinamarquesa. Coufal fez o cruzamento, a bola foi baixa, mas Patrik Schick conseguiu fazer o desvio, para vencer o goleiro dinamarquês.

Depois do começo de segundo tempo avassalador da República Tcheca, a Dinamarca se encontrou na partida e o jogo voltou a ser equilibrado. As duas equipes chegaram a se igualar na porcentagem da posse de bola.

O bom começo da seleção dinamarquesa, abrindo dois gols de vantagem, foi decisivo para definir o resultado da partida. Apesar de melhor na segunda etapa, a República Tcheca não conseguiu reverter a desvantagem no placar.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir