Cidadeverde.com
Esporte

Cruzeiro vence a Ponte sob forte calor e aumenta invencibilidade na Série B

Imprimir

O Cruzeiro venceu fortes adversários na manhã deste sábado (11) pela 24ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro: o calor e a Ponte Preta.

Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro

Na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, no interior de Minas Gerais, o clube mineiro bateu a Ponte por 1 a 0 e, com isso, aumentou sua invencibilidade na competição. 

Agora já são dez jogos sem derrota na Segunda Divisão. O gol da vitória celeste foi marcado pelo atacante Bruno José.

Com o resultado o time celeste chega aos 29 pontos e passa a ser o 13º colocado. A Ponte Preta estaciona nos 25, cai uma posição e agora é o 16º.

A próxima batalha para o Cruzeiro será contra o Operário, na quinta-feira (16), às 19h, também na Arena do Jacaré. A Ponte Preta recebe o arquirrival Guarani no Moisés Lucarelli, em Campinas, para o Derby Campineiro, na sexta-feira (17), 21h30.

O JOGO

A partida foi aberta, franca e com ambas as equipes buscando o ataque. O primeiro tempo pode ser dividido em duas partes, a que o Cruzeiro esteve melhor e depois um período melhor da Ponte Preta, depois da pausa para a hidratação, por volta dos 23 minutos.

A equipe mineira começou melhor, teve pelo menos três chances de gol, sendo uma delas uma bola na trave, mas não aproveitou as oportunidades.

Depois de uma rápida conversa com o técnico Fabiano Xhá na pausa para a água, a Ponte voltou melhor e também deu trabalho.

Ivan, goleiro da Ponte, foi o grande nome da etapa inicial com defesas importantíssimas e que salvaram sua equipe.

Luxemburgo ousou na etapa número dois e fez três mexidas que deram resultado. O treinador sacou Marcinho, Claudinho e Rômulo e colocou Giovanni, Bruno José e Marco Antônio.

E saiu dos pés de Bruno José o gol da vitória, que distancia o time celeste da própria Ponte Preta na classificação, e sobe um pouco na tabela.

A Ponte ainda teve duas chances de empatar, mas mandou duas bolas na trave na reta final da partida, o que manteve o placar favorável ao Cruzeiro.

Fonte: UOL/FOLHAPRESS

Imprimir