Cidadeverde.com
Geral

PM pode pagar R$ 200 mil após suspeita de usar viatura para ir à festa

Imprimir

Foto: reprodução WhatsApp

Um soldado da Polícia Militar do Piauí pode ter que pagar mais de R$ 200 mil reais pelo uso indevido de uma viatura. O carro supostamente teria sido usado pelo PM para ir à uma festa acompanhado de algumas mulheres. O caso ocorreu em julho deste ano e só teria sido descoberto após o veículo estar envolvido em um acidente. 

O PM- que chegou a ser preso- era lotado no Grupamento de Polícia Militar (GPM) de Campo Alegre do Fidalgo, no interior do Piauí. Um inquérito técnico foi aberto pela corporação para apurar o acidente. 

"Todo agente público, e o policial militar não é diferente, precisa responder por aquele material que está sob sua custódia. O que estamos vendo é basicamente o dano, se o policial deu ou não causa a esse acidente, se foi responsabilidade mecânica", explica o major Tiago Castelo Branco, da Diretoria de Comunicação da PM-PI.

Na sequência, o caso será encaminhado ao Comando Geral da PM e em seguida para a Procuradoria Geral do Estado (PGE) para a cobrança do montante. 

Paralelo ao inquérito técnico deve ser apurada a conduta do soldado pela Corregedoria da PM. 

Graciane Sousa
[email protected]
Com informações Tiago Melo (TV Cidade Verde)

Imprimir