Cidadeverde.com
Política

De saída do PTB, Nerinho afirma que MDB não é primeira opção

Imprimir

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com

O deputado Nerinho (PTB) afirmou nesta terça-feira (28) que o MDB não é a primeira opção para mudança de partido. O motivo, segundo ele, são cálculos políticos que envolvem a região de Picos. 

Apesar de ter avaliado o MDB como um partido de peso, Nerinho ponderou que a sigla já possui duas lideranças de peso no município: os deputados Severo Eulálio (MDB) e o deputado Pablo Santos (MDB). 

“Antes de ser deputado estadual, também tenho minha parte municipalista. Lá em Picos o MDB já tem uma posição, que é o deputado Severo e o deputado Pablo, que compõe a agremiação. Mesmo respeitando o MDB e sabendo que é um partido que tem projeção nacional e aqui no Piauí, a minha opção no momento não é a número um”, frisou. 

Nerinho ainda não confirmou o nome da sigla para qual pretende migrar. O parlamentar já manifestou interesse em migrar para o PT. No entanto, estaria enfrentando resistência entre petistas. Ele e Janaina Marques (PTB) estão deixando a legenda devido resolução nacional que proíbe alianças com partidos de esquerda. 
 
Nerinho pontuou que a resposta deve vir até novembro. Na data, o ex-senador João Vicente Claudino, presidente estadual do PTB, deve se posicionar sobre o caminho político que tomará e dará as definições para o próprio partido. 

“O JVC é uma pessoa tranqüila e que não é precipitada. São decisões que ele pensa, reflete e agora conversamos com ele e ele diz que em novembro tomará uma decisão definitiva sobre o futuro político dele”, afirmou. 

Flash Paula Sampaio
[email protected]

Imprimir