Cidadeverde.com
Esporte

Renato Augusto diz que rejeitou proposta do PSV para voltar ao Corinthians

Imprimir

O volante Renato Augusto afirmou nesta sexta-feira que rejeitou uma proposta do PSV Eindhoven, da Holanda, para poder voltar a jogar no Corinthians, no Brasil. O experiente jogador fez a revelação ao defender que ele, e outros jogadores que vieram da Europa nos últimos meses, ainda têm mercado no Velho Continente.

"Achei que não ia passar dos 28 anos, estou com 33 e estou me sentindo bem. É um exagero falar que só volta quando não tem mercado. Eu tinha proposta da Europa, do PSV, da Holanda. Mas queria voltar para o Brasil, vir para o Corinthians", afirmou o jogador, em entrevista ao podcast "Hoje Sim", do Grupo Globo.

Renato Augusto voltou ao Corinthians no fim de julho, após cinco temporadas e meia no Beijing Guoan. Na China, rescindiu seu contrato porque estava sem receber salários por quase seis meses por não ter conseguido voltar para o país asiático em meio às restrições da pandemia.

O volante foi um dos principais repatriados do futebol brasileiro nos últimos meses. Vieram também Hulk, Diego Costa, Willian, Roger Guedes e Giuliano, estes últimos três para o Corinthians. Na avaliação de Renato Augusto, todos tinham condições para seguir fora do Brasil, devido à demanda de outros clubes.

"O Andreas Pereira, do Flamengo, tem mercado, o Willian também. Hulk, do Atlético-MG, tinha propostas da Europa também. Preferiu vir para perto da família. E os clubes aqui se profissionalizaram mais, têm muita estrutura. 

O Corinthians não deve nada para ninguém, tem estrutura que times da Europa não têm. Também tem a questão da família. É natural voltar", argumentou o volante do Corinthians.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir