Cidadeverde.com
Esporte

Com Neymar, Brasil vai em busca da 10ª vitória consecutiva nas Eliminatórias

Imprimir

Com Neymar, que retorna após cumprir suspensão diante da Venezuela, a seleção brasileira volta a campo pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo do Catar, neste domingo, às 18 horas, em Barranquilla, onde vai enfrentar a Colômbia. 

Treino da Seleção Brasileira em Barranquilla - Créditos: Lucas Figueiredo/CBF

Em caso de nova vitória, seria a décima, em dez partidas disputadas, a seleção brasileira vai derrotar ao menos uma vez cada adversário. Este duelo é válido pela quinta rodada, adiada por causa pandemia de covid-19.

Para Neymar é sempre uma motivação a mais enfrentar a Colômbia após o ocorrido na Copa de 2014, no Brasil, quando o camisa 10 nacional sofreu uma entrada violenta de Zuniga e ficou de fora do restante da competição. 

O atleta do PSG também aproveita cada partida para tentar se aproximar de Pelé na artilharia da seleção. A diferença é de apenas oito gols para o Rei do Futebol: 77 a 69.

Apesar de Tite sempre negar a "neymardependência" da seleção, a verdade é que com a presença do craque as opções de ataque e a produção da equipe são sensivelmente maiores.

Apesar do futebol pouco entusiasmante na vitória, por 3 a 1, sobre a Venezuela, caras novas como Raphinha e Antony aproveitaram suas oportunidades e poderão aparecer mais uma vez na equipe, elevando a possibilidade de estar no grupo que vai para o Mundial do Catar no ano que vem.

Outro ponto importante para a seleção é o fato de que a cada rodada disputada a garantia da vaga é maior.

Caso vença, o Brasil alcança 30 pontos, em dez partidas disputadas e deixaria a Colômbia, quinta colocada na classificação com apenas 14 pontos.

ADVERSÁRIO - Com o panorama atual, os colombianos estão posicionados para disputam a repescagem, com o quinto lugar, mas a rodada poderá ser interessante para o time do técnico Reinaldo Rueda.

Uma vitória sobre o Brasil e uma derrota do Uruguai para a Argentina, elevaria o selecionado para a quarta colocação na tabela.

Rueda aposta no faro de gols da dupla de ataque formada por Borré e Falcao Garcia para tentar surpreender e impor a primeira derrota para a seleção brasileira nestas Eliminatórias.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir